15 de maio de 2019 | Ano 5, Edição #47 | Texto: | Ilustração: Gabriela Sakata
Carta das Editoras #47: Água

Ás vezes me sinto com se estivesse em alto mar, boiando, tentando não me desgastar demais para não afundar. Tentando alcançar alguma coisa, alguém. Ao mesmo tempo também sinto que as ondas e as correntes fazem de tudo para nos impedir de chegar em algum lugar. Mas daí vem a calma e a paz de finalmente encontrar alguém, um projeto, e me sinto agradecida por tudo que passou… Sentimentos conflitantes que parecem existir só na minha cabeça, mas não, estamos todas nessa.

Acho que esse ano não está fácil para ninguém, né? Além de tudo que temos que lidar no dia-a-dia – a escola, o trabalho, os projetos pessoais, a família – o mundo parece estar em colapso. Essas últimas semanas foram cheias de notícias difíceis de entender e de aceitar… E mesmo depois de um mês de Cuidado, nos vemos aqui, a mercê de tudo que está acontecendo sem saber muito como prosseguir.

A edição desse mês reflete um pouco sobre  essa instabilidade que andamos sentindo, essa falta de controle cada vez mais constante e permanente. O tema desse mês é ÁGUA. Sim, água. Algo tão simples e tão vital, mas que ao mesmo tempo reflete um lado destrutivo e incontrolável. Algo tão valioso, mas ao mesmo tempo tão desperdiçado. Um elemento que consegue, de forma poética, construir uma narrativa real e cheia de perspectivas.

Esse mês vamos ter textos sobre o medo de nadar, o uso da água na indústria, tutoriais e receitas, além de uma série de recomendações de obras, como filmes e músicas, que usam da água como ferramenta narrativa.

Mas e vocês? Como vêem a relação da água com o que estamos passando? Que tal entrar nessa viagem, ou melhor, que tal mergulhar com a gente para descobrir?

Gabriela Sakata
  • Ilustradora
  • Colaboradora do Tecnomanícas
  • Colaboradora de Artes
  • Colaboradora de Poéticas
  • Audiovisual

Gabriela, 24, moro em São Paulo/SP. Gosto de assistir documentários e umas bobagens no Netflix, ficar no Tumblr e assistir videos no Youtube. Além disso adoro achar músicas novas pra escutar, conversar sobre política, jogar Age of Empires ou Sims e ler teorias da conspiração. Estou cursando Artes Visuais e tenho um instagram com minhas ~~artes~~ (@bbbibilandia).

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos