2 de fevereiro de 2021 | Colunas | Texto: | Ilustração: Gabriela Sakata
Horóscopo de Fevereiro 2021

O mês de Fevereiro começa com o gostinho da última Lua cheia em Leão (28/01) somada à retrogradação de Mercúrio, que começou no dia 30/01 e vai até o dia 20 deste mês. Essa Lua cheia veio para provocar o eixo Leão-Aquário. 

A Lua cheia em Leão 

Com Saturno por ali, o signo de Aquário anda cheio das responsabilidades! Todos nós estamos nos sentindo provocadas a quebrar paradigmas para instaurar o novo, não por um amadorismo, mas porque a crise que estamos atravessando exige muita responsabilidade social. Felizmente, o peso da trabalheira de se despir de velhos padrões veio com a bênção de Júpiter: nem só de demandas se faz o momento presente, há ainda muita oportunidade. 

O Sol passando por ali trouxe consciência sobre o papel de cada um dentro desse novo cenário e os dons com os quais se pode contar para contribuir com o cenário social. Mesmo assim, há obstáculos no caminho que precisaremos conciliar através da nossa consciência. É difícil criar o novo quando enfrentamos crises ambientais ou a insegurança financeira dos nossos tempos, certo?

Então, vem a Lua cheia em Leão acrescentar mais uma informação ao quadro que se desenhou na virada do mês: uma chamada à criatividade. Naturalmente, essa Lua pode trazer algum conforto em sermos quem somos, de nos expressarmos de um jeitinho só nosso… Mas, fazendo aspectos difíceis com planetas em Aquário e Touro, começo a pensar que há um pedido por desapego em relação a alguns traços da nossa personalidade. 

Muita gente com planetas pessoais ou ascendentes em Leão, Aquário, Touro e Escorpião está vivendo esse ciclo como uma verdadeira transformação! As demais pessoas também viverão o trânsito, mas de maneira mais branda. O fato é que há um velho “eu” saindo de cena, enquanto o novo pode demorar ainda uns bons meses para vir. Durante o mês de Fevereiro, o ideal é abrir espaço e aceitar as limitações que a vida nos impõe no atual contexto. É a partir dessa dissonância que coisas lindas vão crescer e frutificar num futuro de melhores conexões.

Mercúrio retrógrado em Aquário

De um tempo para cá, Mercúrio retrógrado virou um meme. Já é famosa a época de revisões quando o assunto é comunicação e logística. Não é o melhor momento para fazer acordos de longo prazo, porque todos estão propensos a maus entendidos. Apesar dos desencontros, a época é maravilhosa para planejar mudanças na maneira de pensar ou falar.

Essa retrogradação de Mercúrio em especial tem um toque de estreia: é a primeira de uma série que está para acontecer em signos de ar. Com os últimos eclipses em Gêmeos, no ano passado, já estamos num momento de muitos “aprendizados sobre o aprendizado”. A tendência é que 2021 intensifique esse processo com muita força e essa retrogradação é uma oportunidade tremenda!

Mercúrio em Aquário é uma educação libertadora. Aquário é um signo bastante ligado à informação e a redes de compartilhamento das mesmas. É o conhecimento circulando sem fronteiras e nem limites. Esse trânsito pode falar muito sobre a maneira como usamos a internet, a maneira como disponibilizamos saberes para o bem comum.

Apesar de propícia para epifanias, durante retrogradações de Mercúrio a melhor estratégia é ouvir mais e falar menos. Vá anotando todos os momentos eureka! desta temporada e deixe para agir sobre os assuntos suscitados a partir do dia 20/02, quando a retrogradação chega ao fim. Esse período tende a ser ainda mais impactante para as amigas de planetas pessoais ou ascendentes em Gêmeos, Virgem e o próprio Aquário.

E durante o decorrer do mês?

Com o ingresso de Vênus em Aquário, os relacionamentos encontram uma dinâmica mais soltinha, pedindo liberdade e desapego. Essa Vênus quer mesmo é maturidade! Alguém pra compartilhar a curiosidade sobre assuntos inusitados, poder ser autêntica juntinho e desafiar qualquer regra que não faça sentido. Questionar tudo! No dia 01 e 02 de fevereiro há a plena fluência da Lua em Libra, um momento favorável para parcerias que estejam interessadas em quebrar paradigmas e construir um mundo novo.

Logo no dia 04, a Lua entra na fase minguante, pedindo desapego. Depois de um ciclo difícil e cheio de transformações um dos mais desafiadores do ano, pode acreditar , chegou a hora de “dar tchau” a expectativas frustradas. Tem coisas que precisamos deixar pra lá mesmo, não se acanhe! O ano tá só começando e esse ciclo foi uma espécie de test drive: silenciosa e munida de sabedoria, comece a reorganizar as estratégias para 2021. Se estiver difícil, os sonhos podem ajudar a encontrar equilíbrio emocional para seguir.

Vênus em Aquário continua dando o que falar. Além de liberdade nas relações, essa Vênus pode falar ainda de parcerias de trabalho e vontade de emancipação financeira. Do ladinho de Saturno e numa quadratura com Urano e Marte em Touro, essa Vênus pode se sentir meio murcha, com dificuldade para atrair clientes ou boyzinhos/girlzinhas interessantes o suficiente. 

Para nós, meninas e mulheres, esse trânsito de Vênus em Aquário tende a falar muito sobre o tipo de manifestação do feminino que nós queremos trazer. Numa quadratura com Lilith, há de se ajustar energia ativa e receptiva, porque não nascemos para ser coadjuvante da história do outro, mas ainda assim, podemos gostar de andar junto, ter carinho e afeto. 

Como construir o prazer da companhia sem se trair ou se deixar tolher pelo encontro? Falando de Vênus como ganhos materiais: como viver a abundância que merecemos sem criar desigualdades violentas? Essas questões, que começam a se desenhar desde o princípio do mês, serão enfrentadas na Lua nova em Aquário no dia 11/02. 

Mesmo com o tempo um tanto quanto fechado, o encontro entre Vênus e Júpiter pode trazer algum golpe de sorte! Apesar de um começo tenso, a situação começa a ir se apaziguando ao longo do ciclo, rumando para o período mais tranquilo e confortável do ano, no mês de Março. Mas, calma, que ainda falta um pouquinho até lá!

A lua crescente em Gêmeos e o sol em Peixes, no dia 19/02 podem suscitar o retorno a algumas questões que estiveram bastante latentes no final de novembro/início de dezembro. É que por ali você realizou alguma mudança das mais profundas! Mesmo sem saber exatamente aonde você ia chegar, você topou uma jornada em que a comunicação e os estudos estão no centro da transformação. E talvez agora apareça mais algum impasse, capaz de te fazer mudar de rumo! Então pra que lado você segue? O lado em que as coisas são super lógicas ou o mundo da imaginação? E tem como conciliar um e outro? Comece a avaliar o seu progresso até aqui e use o final do mês para repensar estratégias nos seus objetivos. Mas não tenha pressa: você vai ter até meados de março pra realizar esse dever de casa.

É nesses últimos dez dias de fevereiro que Marte começa a fazer aspectos positivos com Netuno – esse trânsito pode falar tanto de uma pacificação da pandemia, quanto da conciliação de guerras interiores e desarmonias com as quais a gente vem lidando desde o segundo semestre de 2020. Os arianos e escorpianos que o digam! Ufa! Finalmente, um alívio! Relaxou? Pense em todos os atritos dos últimos 6 meses e conclua: você não é fraca não! Mercúrio também vai voltar a andar para frente e aquelas revisões de comunicação podem ser colocadas em prática!

O mês se encerra de maneira bem mais positiva do que começou, com a lua cheia em Virgem (27/02) trazendo o conforto de estar a serviço e demonstrar amor pelas atitudes. Depois de 2020 inteiro de muita mão na massa, essa lua pode trazer alguma colheita de coisas que foram plantadas há tempos. É hora de se concentrar nos hábitos que balizam a revolução dos gostos e consumo que estamos vivendo. Dá pra fazer um retorno à natureza ou se dedicar a empreendimentos. O importante é revolucionar a matéria, nada de mesmice. Seja criativo e transcenda seus interesses individuais – um momento para agregar ao seu redor a rede de que você precisa.

Yaminaah Abayomi

Yaminaah Abayomi nasceu no Rio de Janeiro há uns 20 e tantos anos atrás. Ela tem bastante dificuldade de escrever minibios ou falar sobre si na 3ª pessoa. Risos. Apesar de todo o embaraço, ela gostaria que você soubesse que ela é astróloga e artista. É através de várias linguagens, ela investiga a natureza e o pertencimento do corpo humano a mesma. Acredita nos astros como ferramenta de expansão de consciência coletiva e abertura à alteridade.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos