Posts em junho de 2015
30 de junho de 2015
Assim como existe uma Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres, existem também algumas secretarias a nível municipal. Seus objetivos principais são a...
29 de junho de 2015
Como muitas outras garotas que viveram sua infância e pré-adolescência na década de 90, eu era, de verdade, alucinada pelas Spice Girls. Tinha minhas...
29 de junho de 2015
SÉRIES Frente al muro (2015) Studio 60 on the sunset street (2006-2007) FILMES A noite americana (La nuit américaine, 1973) O garoto selvagem...
28 de junho de 2015
Quando crianças, aprendemos a falar porque queremos coisas. Na necessidade de pedir o que queremos, mas não podemos conseguir sozinhos, vamos aprendendo a...
27 de junho de 2015
Muito antes de conhecer a palavra “feminismo”, eu já me envolvia em questões de gênero. Ainda no tempo das festas infantis, minha coleguinha, Pamela, me...
27 de junho de 2015
Quem já passou por essa situação? Você gosta do menino e ele gosta de você. Vocês se encontram em festas, se falam o dia todo por mensagem, trocam...
26 de junho de 2015
Para encerrar o mês de Junho, a Nicole irá fazer um tutorial express de roupa junina emergencial! Eu sei, eu sei, junho tá bem no finzinho e,...
26 de junho de 2015
A menos que você seja um viajante do tempo, está mais do que óbvio que a gente não vive mais sem internet. “Que tragédia! Viramos máquinas...
25 de junho de 2015
Imagine-se em uma sala de aula de colégio (podem ser aquelas de filmes americanos, ou onde você estuda/estudou) com aqueles grandes grupos heterogêneos de...
25 de junho de 2015
“A gente aprende o sentido da palavra primeiro no corpo, no sentimento, depois a gente entende o que aquilo quer dizer” – Valeska Zanello, palestra Por...
24 de junho de 2015
Memória não é assim um tema muito incomum nos jogos. Só de cabeça, consigo nomear uns dez que trazem personagens atormentados por um passado que não...
24 de junho de 2015
A linguagem é central para as relações humanas. É por meio dela que fazemos pedidos, expressamos afetos e desafetos, manifestamos nossas opiniões e nos...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos