Posts em setembro de 2015
30 de setembro de 2015
Por
O Tumblr é uma rede social muito usada hoje em dia. Ele conseguiu se estabelecer no meio termo entre o blog convencional e o Twitter. Dentre as diversas...
30 de setembro de 2015
FILMES Princesa Mononoke: Filme de 1997 do Studio Ghibli, Princesa Mononoke se passa numa versão fantástica do período Muromachi da história japonesa...
29 de setembro de 2015
Não sei como você veio parar aqui, nem sei quem você é. Eu vou supor que chegou clicando no compartilhamento de alguém numa rede social. Pode ser que...
29 de setembro de 2015
...
29 de setembro de 2015
“Faça faculdade!” “Seja famosa!” “Escreva um livro!” “Fique milionária!” “Tudo isso antes dos 25 anos de preferência porque olha essa...
28 de setembro de 2015
No mês dos reality shows aqui em Cinema & TV, nada mais justo do que falar de um dos precursores do formato. Survivor tem 31 temporadas nas costas, mas...
28 de setembro de 2015
Alguma vez você já se pegou pensando em como sua vida não está do jeito que você queria, e ficou com vontade de poder dar uma olhadinha no futuro pra...
28 de setembro de 2015
O que é ser mulher? É fácil encontrar diferentes padrões sociais atribuídos à mulher ao longo da história e entre culturas distintas. O ideal de...
27 de setembro de 2015
Alguns lugares em que vamos exigem certos tipos de vestimentas e por motivos variados. Não podemos entrar em um laboratório de química usando qualquer...
27 de setembro de 2015
A primeira vez que escutei a voz de Claire Boucher, conhecida como Grimes, eu achei tudo muito estranho. Era mais um daqueles dias em que você está sem nada...
27 de setembro de 2015
Quem sou eu pra ficar falando o que é bom e o que é ruim pra vocês? A resposta é: ninguém e todo mundo. Ninguém porque sei que o que eu sinto e vejo...
26 de setembro de 2015
Quem nunca ouviu esta história de não poder ficar do lado de gente com “energia negativa” porque assim irá atrair este tipo de energia para você e...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.