Posts em março de 2016
31 de março de 2016
No começo do ano, uma velha conhecida desse mundinho das artes brasileiras resolveu dar uma repaginada no visual. A Pinacoteca do Estado de São Paulo, que em...
31 de março de 2016
O mês de março chegou ao fim — e com ele chega ao fim nossa vigésima-quarta edição, cujo fio condutor foi História. E para encerrar o mês com chave de...
29 de março de 2016
...
29 de março de 2016
"Andamos pelas ruas das cidades e, quase sempre, ignoramos a história de seus nomes. No entanto, os seus apelidos, as suas denominações refletem o...
29 de março de 2016
Outro dia conversava com amigos - todos homens - sobre dois filmes que estavam concorrendo a diversas premiações. Um era O Regresso (The Revenant, 2015) e o...
28 de março de 2016
Surgida da década de 1950, logo após a invenção do gravador à fita, na Europa, EUA e no México, a história oral é uma metodologia de pesquisa e...
27 de março de 2016
Apesar de achar que não existe uma fórmula mágica de fazer com que todas as pessoas se apaixonem pela tua história, existem algumas coisas que podemos...
26 de março de 2016
Comecei a me interessar por literatura japonesa moderna depois de ter lido Norwegian Wood, do escritor Haruki Murakami. Todos os livros de autores japoneses...
25 de março de 2016
Depois de muitos anos ignorando completamente as minhas raízes, eu decidi, aos 18 anos, pesquisar mais sobre a origem dos Ranieri. Apesar de ser um sobrenome...
24 de março de 2016
A forma mais antiga de se conhecer histórias é através da oralidade, a história ouvida pela sua avó, cuja sua bisavó contou-lhe e que hoje sua mãe lhe...
23 de março de 2016
Vocês vão reparar eventualmente que uma coisa que simplesmente ADORO é jogos no estilo puzzle, com quebra-cabeças dos mais diversos estilos possíveis. Já...
22 de março de 2016
Eu já quis ser muita coisa "quando crescer" (grande, inclusive, já que eu sempre fui um pinguinho de gente), mas nunca passou pela minha cabeça ser...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos