13 de março de 2015 | Culinária & FVM | Texto: | Ilustração:
Amuleto Auspicioso

Sempre fui uma pessoa meio mística. Passei minha infância super ligada em magia, astrologia, histórias com fundos mitológicos (principalmente as celtas e as gregas). Números ou elementos cabalísticos que para muitos significam azar e/ou um péssimo agouro, para mim trazem a esperança de novidades que se aproximam e acontecimentos auspiciosos. Gatos pretos? Amo! Número 7? Um dos meus favoritos! Sexta-feira 13? Quanto mais no ano, melhor! Pensando nisso, nós da Capitolina resolvemos transformar esta “macabra sexta-feira 13” em um momento de extrema sorte e bons presságios para as nossas leitoras!

Lembrando da minha veia mística, resolvi dividir com vocês um de meus conhecimentos e crenças. Não é só pelo esoterismo que falo isso, mas as pedras e cristais em geral vêm sendo utilizados por nós em vários âmbitos, com intenções diversas, como a terapia das pedras quentes para promover relaxamento corporal. Hoje vou mostrar como as pedras podem ajudar na questão da energia, tanto a que você recebe quanto a que você exala.

As pedras podem ser de grande auxílio para nossa energia. Elas podem nos proteger contra cargas negativas que recebemos o dia todo, vindas de diferentes lugares; podem nos ajudar a mentalizar um objetivo que temos e podem até nos ajudar a encarar o dia com mais serenidade. Hoje vou ensinar como fazer um amuleto e usar os benefícios de algumas pedras que eu conheço.

Para começar, vamos precisar de:

    • agulha
    • linhas
    • botões
    • retalhos
    • tesoura
    • pedra desejada

foto 1

Primeiro vamos fazer uma proteção de tecido para a nossa pedra. Pegue um retalho do tamanho que quiser, vai depender do tamanho da sua pedra e quantas você quer pôr lá dentro. No meu caso, estou fazendo para uma única pedra. Meu retalho tem 11 x 6cm.

foto 2

Depois, dobre o retalho, mas não no meio. Deixe uma sobra para ser a “tampinha”. Costure os dois lados, para formar uma bolsinha.

foto 3

Posicione um botão, para poder fechar a bolsinha, e costure-o.

foto 4

Faça uma alcinha, para ser presa ao botão e fechar sua bolsinha-amuleto.

foto 5

Coloque sua pedra dentro.

foto 6

Eu escolhi uma turmalina verde, para andar sempre comigo. As turmalinas verdes são ótimas para diminuir o estresse e para o relaxamento, que é exatamente o que eu ando precisando. Também ando com uma turmalina negra na carteira, porque essa pedra suga a energia negativa que tiver perto de você, não deixando que ela te afete. Em uma próxima vez, ensinarei um pouco mais sobre cristais para todas, mas por enquanto podem dar uma olhada neste site aqui para escolherem a pedra que mais combina com o momento de vocês.

A bolsinha ficou uma graça, não?

foto 7

Nathalia Valladares
  • Colaboradora de Culinária & FVM
  • Colaboradora de Cinema & TV
  • Ilustradora

Sol em gêmeos, ascendente em leão, marte em áries e a cabeça nas estrelas, Nathalia, 24, é uma estudante de Design que ainda nem sabe se tá no rumo certo da vida (afinal, quem sabe?). É um grande paradoxo entre o cult e o blockbuster. Devoradora de livros, apreciadora de arte, amante da moda, adepta do ecletismo, rainha da indecisão, escritora de inúmeros romances inacabados, odiadora da ponte Rio-Niterói, seu trânsito e do fato de ser um acidente geográfico que nasceu do outro lado da poça. Para iniciar uma boa relação, comece falando de Londres, super-heróis, séries, Disney ou chocolate. É 70% Lufa-Lufa, 20% Corvinal e 10% Grifinória.

  • Jéssica

    Adorei! Mas o link que deveria redirecionar pra saber mais dos cristais não aparece. 🙁

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos