29 de abril de 2016 | Ano 3, Edição #25 | Texto: | Ilustração: Marina Sader
Aquilo que não foi dito
oq vc gostaria de falar pra alguem mas nunca teve coragem - marina sader

Há tanto que as pessoas dizem, mas há tanto que guardamos para nós mesmos. Às vezes por medo, às vezes por precaução ou falta de oportunidade. Muitas dessas falas que engavetamos pesam, nos corroem, nos perseguem, nos afetam. Não seria ótimo poder simplesmente expressar esses pensamentos e sentimentos? Nós também achamos que sim. Por isso, fizemos um Post dos Segredos (como os dos quais eu participava no Livejournal) no QG da Capitô e trazemos para você participar! É simples: comente algo que você sempre quis dizer para alguém, mas nunca pôde.

Segredo 1: “Eu queria enfrentar as pessoas conservadoras/preconceituosas/homofóbicas do meu trabalho. Mas não tenho coragem por medo de retaliação. Sempre que eu ensaio argumentar, sou hostilizada.”

Segredo 2: “Queria falar pros homens que nos cantam na rua o quanto eles são babacas. Eu fazia muito isso de responder quando ouvia um “gostosa”, mas uma vez fui perseguida, aí perdi a coragem.”

Segredo 3: “Eu não quero casar com você, eu só quero transar contigo.”

Segredo 4: “Para ser desconstruído, querido, primeiro você precisa ter empatia. Não adianta nada encher a boca e dizer que ama os negros, as mulheres, os LGBTs, os gordos se a qualquer oportunidade que tem de falar besteira e não entender a dor do outro. Isso também faz parte da desconstrução. E oh: não existe ninguém totalmente livre de conceitos. Todo mundo é passível de erro.”

Segredo 5: “Não é porque sou mulher que sou menos. Sou boa demais no que faço.”

Segredo 6: “Você me machucou muito.”

Segredo 7: “Você é um merda infantil.”

Segredo 8: “Você deveria curar sua baixa autoestima sem ter que pisar nas pessoas para isso.”

Segredo 9: “Seus problemas não invalidam os problemas das outras pessoas.”

Segredo 10: “Eu não tenho nada a ver com isso.”

Segredo 11: “Putz, não posso fazer esse favor agora.”

Segredo 12: “Tô até hoje recolhendo caco de quando você me quebrou.”

Segredo 13: “Eu preciso e mereço ganhar mais.”

Segredo 14: “Sinto tanta falta de quando nós éramos um grupo de amigos maravilhoso e todo mundo era feliz, agora eu sinto que fui deixada pra trás.”

Segredo 15: “Larga de bobeira, vem até mim, vamos nos beijar até o Brasil acabar.”

Segredo 16: “Você devia me agradecer e muito por ainda ser sua amiga depois de tudo o que você fez comigo.”

Segredo 17: “Eu queria muito que as coisas tivessem sido diferentes pra gente, mas não foram. Eu sei que fui dura com você, mas esse era o único jeito de ficar tudo bem. Nossas memórias ainda são algumas das mais queridas que tenho.”

Segredo 18: “Queria que você tivesse sido mais presente e mais minha amiga. Agora sinto que é tarde demais pra reparar nossa relação.”

Segredo 19: “Queria que você não estivesse fingindo, só porque as coisas mudaram, que eu nunca existi.”

Segredo 20: “Eu não aguento mais te amar.”

Segredo 21: “Você não sabe o que é ser amiga.”

E você? O que quer muito dizer para alguém mas não teve oportunidade?

Tags: ,
Priscylla Piucco
  • Membro do Conselho Editorial
  • Coordenadora de Relacionamentos & Sexo

Priscylla. Apaixonada por seriados, kpop, reality show ruim, Warsan Shire e as Kardashians. Odeio o Grêmio e cebola. Prazer, pode chamar de Prih agora.

  • Anônimo

    Eu te disse que eu não sentia prazer como pedido de ajuda, queria que descobríssemos meu prazer juntos, não precisava ter colocado a culpa em mim, eu me esforcei tanto pra te agradar … Queria um pouco de esforço teu em troca, ser esclarecido sobre sexo so na teoria não adianta!

  • Gisele Campos

    Queria de dizer que você é um imaturo, ou você me ama ou é burro, pois não acerta nada. Ou então você está de cao. E eu estou sofrendo mais , porque ainda mesmo assim te amo e fico todo dia treinando o fim desse relacionamento e todo dia matando a esperança de você agir como homem e não moleque. Você discursa muito bem, mas fazer que é bom. Me da até dó. Pronto falei.

  • larissa

    O problema não é você, o que a gente viveu foi até legal… mas eu descobri que tô melhor sozinha.

  • larissa

    mas infelizmente sem chance de eu dizer isso pra você, porque além de ter certeza que você não vai entender, com certeza tambem vai pedir pra voltar e na boa… caguei.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos