5 de julho de 2014 | Edição #4 | Texto: and | Ilustração:
Arrumar a mala: um guia para esse quebra-cabeça

 

Ilustração: Isadora M.

Ilustração: Isadora M.

Viajar é sempre uma coisa boa. Respirar novos ares, conhecer outras pessoas, explorar lugares completamente diferentes, se aventurar pelo desconhecido – ou até mesmo pelo conhecido, não importa. Viajar sempre dá aquela sensação de renovação. Mas antes de viajar, temos que lidar com um quebra-cabeça desafiador que é fazer a mala.

Quando a gente era pequena, era bem mais fácil, pois eram nossos pais que faziam tudo, colocavam na mala e a gente só ficava com a parte boa (abrir a mala lá longe, já na viagem). Mas agora somos nós mesmas que temos que pensar em tudo. E, daí, começam as perguntas de sempre: mas quantas meias será que eu levo? Será que levo o all-star e os chinelos, ou nem vou usar os tênis? Será que vale a pena levar um livro na bolsa? Como é que eu vou fazer tudo isso caber na mala?

Todas essas perguntas são válidas e difíceis de responder. E se você é que nem eu, que já esqueci de levar calcinhas para uma viagem (sim, isso já aconteceu) e biquíni para a praia (de novo: sim, isso também aconteceu), nós da Capitolina viemos te ajudar!

Segue abaixo o guia prático de como fazer a sua mala, da Laura Pires:

1) Liste tudo que precisa levar. Listas ajudam muito na hora de arrumar a mala, porque, enquanto você vai pegando as coisas, você pode ir riscando o que já pegou e isso te ajuda a se lembrar de tudo. Também aconselho que, no fim de tudo, você repasse a lista, tipo fazendo uma chamada de itens, pra ver se não esqueceu de nada mesmo. Preparamos umas listas básicas, com todos os itens que conseguimos pensar. Você pode personalizá-las de acordo com a sua necessidade, adicionando coisas que você use e não listamos ou tirando o que não fizer parte da sua rotina (como lentes de contato, se você não usa, ou gilete, se você não se depila etc.).

2) Não coloque tudo diretamente na mala. Antes de pôr as coisas na mala, arrume-as em cima da cama e, aí sim, pode ir acomodando tudo dentro da mala. Se você vai pegando tudo que está nas listas e colocando direto na mala, ela fica cheia antes de você terminar e você perde espaço que poderia ser melhor utilizado. Além disso, ela fica desorganizada, então, quando você chegar ao destino da viagem e for abri-la, vai acabar precisando tirar tudo pra pegar uma coisinha só ou terá que contar com a sorte para encontrar o que procura.

3) Arrume sua roupa na mala em rolos. Enrolar suas roupas para acomodá-las na mala é vantajoso, pois, além de amassar menos as roupas, ocupa menos espaço do que empilhá-las. Não costumo enrolar apenas as calças jeans, porque, com uma dobra única, elas amassam menos e podem ser a primeira coisa a entrar na mala, servindo de base para o restante dos itens.

4) Ponha os itens quebráveis enrolados em roupas ou alocados dentro de calçados. Coisas que quebram, como frascos de perfume podem ser enrolados em roupas (especialmente de moletom, que são mais volumosas) ou encaixadas em sapatos (desde que fiquem firmes). É uma forma de protegê-las! Imagina que desagradável chegar ao destino da sua viagem e descobrir que seu perfume foi absorvido por todas as suas roupas…

5) Leve as calcinhas dentro de uma sacola à parte. Por uma questão de higiene, prefiro levar as calcinhas separadas do restante dos itens dentro da mala. Elas, assim, ficam também mais acessíveis para quando você precisar pegar alguma.

6) Leve sacolas extras para trazer a roupa suja separada da limpa na volta. Também por uma questão de higiene, gosto de levar uma sacola vazia (ou várias sacolas vazias) dentro da mala para trazer a roupa suja na volta sem misturar com a roupa limpa. Você pode usar uma sacola de pano ou, já que é para roupa suja, pode até mesmo ser uma dessas sacolas plásticas de supermercado.

7) Ocupe todos os espaços vazios. Isso mesmo, a ideia é aproveitar espaços, então, você pode levar as meias dentro de sapatos e tênis e levar coisas pequenas em geral dentro de bolsas que você esteja levando dentro da mala.

8) Se a viagem for de avião, confira as regras da companhia aérea quanto aos itens que podem ser levados na mala ou na bagagem de mão. Toda empresa aérea – e também muitos aeroportos – tem algumas restrições em relação ao que pode ser levado na bagagem de mão, ao que só pode ser levado na mala que for despachada e ao que não pode ir no avião de jeito nenhum. Algumas coisas são óbvias, como inflamáveis (não queremos causar um incêndio lá nas alturas, não é mesmo?); outras são detalhes que esquecemos, como tesourinha de unha, alicate… e outras nem têm uma explicação muito clara, como água em uma garrafa plástica. Por isso, é sempre importante se informar sobre as regras da empresa e do aeroporto quando for viajar de avião, tanto para saber o que pode levar, quanto para saber o peso permitido para cada mala.

9) Mantenha itens importantes na bagagem de mão. Documentos, remédios de uso diário, dinheiro… Leve tudo isso na bagagem de mão. Dois motivos: primeiro, porque são coisas às quais você precisa ter acesso com facilidade e, segundo, porque, se sua viagem for de avião, sempre se corre o risco de a mala extraviar. É uma tremenda dor de cabeça, porque você fica sem suas coisas até a companhia aérea encontrar sua mala e mandá-la para você – o que pode levar horas ou dias. Por isso, tudo que for realmente importante deve ficar com você, de modo que, se sua mala se perder, você não fica sem documento, remédio, dinheiro etc.

10) Deixe as meias por último. Como elas são pequenas, podem entrar em qualquer buraquinho que sobrar. E aqui vale a dica do número 7 também. Bolsas e bolsos também são buraquinhos que sobram.

11) Coloque no começo da mala o que você for usar antes. Por exemplo, se você vai chegar no lugar de noite, o pijama pode entrar por último. Assim, ele vai estar mais acessível quando você chegar ao destino da viagem e você não vai precisar tirar tudo de dentro da mala para poder usá-lo.

12) Separe a mala por áreas. Você pode começar colocando as calças embaixo e, aí, de um lado, camisas de manga curta ou sem manga; de outro, shorts, camisas de manga comprida e por aí vai. Pense sempre que você vai precisar usar essas coisas e é bom saber onde elas estão na mala para não ter que revirar tudo toda vez que quiser uma coisinha só.

13) Se a mala tiver bolsos por fora, coloque os calçados neles. Calçados têm formatos estranhos e sempre ocupam muito espaço em uma mala. Então, podendo alocá-los em bolsas de fora ou por cima de tudo no final, é menos complicação.

14) Caso precise do espaço e tenha condições, deixe para comprar itens básicos no lugar de destino. Por exemplo, você pode encontrar itens de higiene, em diferentes tamanhos, em qualquer farmácia, então, não precisa empurrar tudo para dentro da mala se você puder comprar lá para usar durante a viagem. Lembre-se também de que hotéis disponibilizam toalhas, sabonetes e cobertores, então, itens como esses não são sempre necessários.

15) Leve o necessário para a quantidade de dias que for ficar. Seja sincera e observe quais roupas você realmente precisa levar e pretende usar – mas, se houver espaço, também não se prenda, porque é legal ter opções, só tenha cuidado para não ir à loucura e levar o triplo do que deveria. Isso serve para itens básicos, como calcinhas. Se você vai ficar cinco dias e está contando de tomar banho e trocar de calcinha uma vez por dia, você precisa de um mínimo de cinco calcinhas, mais a que for usando na ida e na volta. Ainda pensando em cinco dias, será que você precisa mesmo de cinco casacos? Pense nas suas outras escolhas e tente levar um ou dois (caso não seja época de muito frio) que combinem com as blusas, calças e tudo mais que você for usar. Se for época de muito frio, você definitivamente não precisa levar várias bermudas, pode levar só uma por precaução. E por aí vai. Seja coerente com o clima do lugar para onde está indo e tente pensar no que gostaria de vestir de acordo com os passeios que irá fazer.

LISTA DE ITENS BÁSICOS

Lista para calor

Ilustração: Clara Browne.

Ilustração: Clara Browne.

Lista para frio

Ilustração: Clara Browne.

Ilustração: Clara Browne.

Higiene e cuidados com o corpo

Ilustração: Clara Browne.

Ilustração: Clara Browne.

Não esqueça que os itens de banheiro são personalizáveis, assim, você não tem que se preocupar com coisas que você não usa normalmente. Fizemos aqui um exemplo de uma lista personalizada:

Ilustração: Clara Browne.

Ilustração: Clara Browne.

Também lembramos que, caso você vá acampar, é interessante levar:

  • barraca
  • saco de dormir
  • velas
  • fósforos
  • papel higiênico
  • fita tipo silvertape

Também é imprescindível que você leve documentos de identidade e outros documentos de prevenção, como:

  • carteira de identidade
  • CPF
  • passaporte, se necessário
  • carteira do plano de saúde, se houver

Por fim, deixamos aqui dicas de outros objetos úteis de se levar em uma viagem:

  • celular e carregador
  • fones de ouvido
  • máquina fotográfica e carregador
  • cadeado de mala e chave
  • ferro de passar roupa
  • sacolas
  • saco para roupa suja
  • guarda-chuva
  • benjamim

Agora, não tem muito como se preocupar com fazer a sua mala! Chega desse sofrimento e aproveite a viagem!

Clara Browne
  • Cofundadora
  • Ex-editora Geral

Clara nasceu em 1994 no Rio de Janeiro, mas se mudou para São Paulo ainda pequena. Estuda Letras e sempre gostou mais de poesia do que de prosa. Ama arte moderna, suéteres e o musical Jesus Cristo Superstar. Aprendeu a fazer piadas com seu nome e sobrenome por sobrevivência. Em setembro de 2013, teve a ideia da Capitolina, a qual co-editou até setembro de 2016. Hoje em dia, ela escreve pra um montão de lugares. É 50% Corvinal e 50% Lufa-Lufa.

Laura Pires
  • Colaboradora de Relacionamentos & Sexo
  • Vlogger

Usa seu vício em séries e Facebook como inspiração para os textos, para a vida e para puxar assunto com os outros. Adora ouvir histórias e conversar sobre gênero, sexualidade, amor e relações amorosas – gosta tanto desses temas que deu até um jeito de fazer mestrado nisso. É professora de inglês, cantora e pianista amadora de YouTube, fala muito, ri de tudo e escreve porque precisa. Ama: pessoas e queijo. Detesta: que gritem.

  • Antonius Lordelus

    Estou de viagem para a Europa e esses toques me foram úteis!!!

  • Josy Oliveira

    Amei!!! Estou arrumando minha mala para voltar ao Brasil!…não cabia mais nada!!!…agora com essas dicas ficou bem mais fácio pra mim!!!…bjks

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos