Dani Feno
  • Coordenadora de Audiovisual
  • Colaboradora de Cinema & TV
  • Colaboradora de Música

Dani Feno, 26 anos. Quando era criança foi ao cinema ver Rei Leão a primeira vez e se apaixonou por essa coisa de ver filmes. Mais velha viu um seriado chamado Clarissa e pronto, a paixão passou para seriados também. Foi tão forte que agora trabalha em uma finalizadora de filmes e programas de TV, mas o que gosta mesmo é de editar vídeos para Capitolina. Gorda e feminista desde criança também (apesar de só saber que é esse o nome há pouco tempo). Acha que a melhor banda do universo é Arcade Fire e pode ficar horas te convencendo disso. Em Hogwarts é 70% Corvinal e 30% Grifinória.

22 de agosto de 2016
Acho que representatividade é uma pauta recorrente por aqui, não é? Gostamos muito de frisar a importância dela, e amamos mais ainda quando a vemos...
29 de junho de 2016
Comédias românticas, músicas pop, novelas, contos de fadas, estamos rodeados pelo tal do amor romântico. Esse de casal, do viveram felizes para sempre. Só...
26 de junho de 2016
Outro dia, conversando com uma amiga gorda sobre adolescência e namoricos, confessei algo que hoje acho terrível: antes, quando eu gostava de alguém, me...
6 de junho de 2016
Nós amamos histórias de ficção. Se você for em um cinema agora vai estar cheio de opções desse tipo de filme para ver. Eu também amo ficção, mas essa...
29 de maio de 2016
Quando eu era adolescente meu filme favorito era Dirty Dancing. Foi lançado em 1987 eu não era nem nascida, mas ele passava na Sessão da Tarde...
19 de maio de 2016
Podemos medir o sucesso de um filme de diferentes maneiras: em retorno financeiro e de vendas, número de público, audiência em exibições na televisão,...
29 de março de 2016
Outro dia conversava com amigos - todos homens - sobre dois filmes que estavam concorrendo a diversas premiações. Um era O Regresso (The Revenant, 2015) e o...
20 de março de 2016
Imagem retirada deste site Acho que para começar a falar de Kate Nash, preciso levar vocês para a minha memória do primeiro show que fui dela no distante...
16 de fevereiro de 2016
Uma das coisas desse mundo de cultura pop que eu cresci distante, claramente por ser uma menina, é essa coisa de super-herói. Meu irmão teve diversas festas...
30 de dezembro de 2015
Comer lentilha, pular sete ondinhas na praia depois da meia-noite, vestir branco pela paz ou vermelho para atrair uma paixão. São infinitos os rituais que...
1 de dezembro de 2015
https://www.youtube.com/embed/69Q9qWqoVJY           A década é oitenta, a cidade é São Paulo e a história é da Teca uma adolescente que...
22 de novembro de 2015
Acho que não é mais segredo que um dos meus assuntos favoritos aqui na Capitolina é falar sobre corpo, especialmente sobre ser gorda. Hoje vou fazer um foco...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.