Fernanda Kalianny
  • Colaboradora de Relacionamentos & Sexo

Fernanda Kalianny Martins Sousa , 24 anos, fez Ciências Sociais na USP e cursa mestrado em Antropologia Social na mesma instituição. Adora ler sobre aquilo que informa e complementa sua formação enquanto ser humano, então sua área de estudo tem tudo a ver com aquilo que sente ou é (estuda raça, gênero e sexualidade). Escreve poemas e acredita que sempre será "amor da cabeça aos pés". O coração, intensidade e impulsividade controlam quase todas as ações. Ama apaixonadamente e vive as paixões da forma mais cheia de amor possível. Antes que sufoque com o que fica para dentro, coloca tudo no papel.

30 de julho de 2016
Nos últimos meses, nesse processo de deitar no divã uma vez por semana, mas também de ficar pensando muito sobre identidades que se constroem nas...
16 de julho de 2016
Quando eu tinha catorze anos, vivi um acontecimento bastante traumático. Talvez eu possa dizer que ele dividiu minha vida entre antes e depois. Quando contava...
29 de junho de 2016
(Gleice, miga, obrigada pelo empurrão para o texto sair s2) Escrevo este texto da perspectiva de uma mulher negra filha de uma relação inter-racial –...
25 de maio de 2016
Há algum tempo, vendo um filme que as protagonistas eram lésbicas, fiquei me questionando sobre o motivo desses filmes sempre acabarem com finais trágicos....
20 de fevereiro de 2016
Observação: o texto foi escrito por uma mulher cis, logo, ainda que eu tenha tentado abarcar a vivência de mulheres trans e de homens trans, posso ter...
18 de fevereiro de 2016
Trancar uma porta e ver-se ali sozinha às vezes pode soar um pouco assustador. É também perturbador notar o medo do futuro e da possibilidade de em algum...
25 de dezembro de 2015
“A cada milágrimas sai um milagre” cantaram Itamar Assumpção e Alice Ruiz. E eu não sei se depois de muito chorar sempre virão milagres, mas não...
12 de dezembro de 2015
Talvez tenha sido essa uma das constatações mais difíceis de chegar em minha vida. O que está, de algum modo, relacionado ao fato de sermos educadas para...
24 de outubro de 2015
Gostar. Esse é um verbo facilmente conjugável nas nossas vidas. A gente gosta de tantas coisas e de tantas pessoas. Desde aquelas pessoas que, a princípio,...
16 de outubro de 2015
No último dia 24, fui surpreendida pelo fato de o Estatuto da Família, projeto de lei nº 6583/13, ter tido o seu primeiro texto aprovado na Câmara dos...
14 de setembro de 2015
Ao pensarmos em conquistas, a primeira coisa que nos vem à mente é a necessidade de refletirmos sobre a resistência das mulheres negras. Mulheres que...
22 de agosto de 2015
Alguns temas são difíceis de serem tratados. A verdade é que tentei algumas vezes rascunhar esse texto e em todas elas fiquei insatisfeita. Amor, sexo,...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.