Julia Oliveira
  • Coordenadora de Estilo
  • Ilustradora

Julia Oliveira, atende por Juia, tem 22 anos e se mete em muitas coisas, mas não faz nada direito — o que tudo bem, porque ela só faz por prazer mesmo. Foi uma criança muito bem-sucedida e espera o mesmo para sua vida adulta: lançou o hit “Quem sabe” e o conto “A ursa bailarina”, grande sucesso entre familiares. Seu lema é “quanto pior, melhor”, frase que até consideraria tatuar se não tivesse dermatite atópica. Brincadeira, ela nunca faria essa tatuagem. Instagram: @ursabailarina

27 de dezembro de 2015
Tem gente que acredita que usar branco na virada do ano novo é garantia de ano bom. E também tem aqueles que juram de pé junto que a chave para o sucesso do...
14 de novembro de 2015
Já dizia Dominguinhos que “a planta pede chuva quando quer brotar” e “o céu logo escurece quando vai chover”. Ele também mandou que alguém o...
4 de novembro de 2015
Muitos processos criativos na música são coletivos, isso é muito comum. Imagina aquela cena clássica: uma banda ensaiando, baixista dando pitaco na...
1 de novembro de 2015
Há umas duas semanas minha mãe me pediu que a acompanhasse pra comprar maquiagem. Ao mesmo tempo senti estranhamento e um certo orgulhinho. Explico: minha...
25 de outubro de 2015
Uma lista atômica de mulheres com estilos tão marcantes quanto a música que fazem. É ouvir o som, olhar o modelito e... batata! Os planetas se alinham e...
11 de outubro de 2015
Tá, eu posso ter mentido pra vocês: meus experimentos não serão só com batom. Por que quem disse que pra pintar a boca só serve batom? Hoje eu quero...
4 de outubro de 2015
Não sei se vocês perceberam, mas, desde o novo design do site da Capitolina, trocamos o nome da nossa sessão de “Moda e Beleza” para “Estilo”. E...
16 de agosto de 2015
O Instagram é minha rede social favorita. É a última coisa que vejo antes de dormir e a primeira depois de acordar (nada romântico, eu sei). E,...
2 de agosto de 2015
Usar sutiã é um hábito que surge para as garotas de maneira tão automática que raramente paramos pra pensar no que ele significa. Quando crianças,...
5 de julho de 2015
Você já parou pra pensar que suas selfies no #insta podem dar um livro de fotografia daqueles suuuper conceituais que decoram mesinhas de centro? Não?...
26 de junho de 2015
A menos que você seja um viajante do tempo, está mais do que óbvio que a gente não vive mais sem internet. “Que tragédia! Viramos máquinas...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.