Karoline Siqueira
    Colaboradora de Saúde

Karol com K, tem 21 anos, é estudante de Psicologia e mora em Ribeirão Preto. Apaixonada pela subjetividade de todas as coisas e altamente reflexiva. É atrapalhada e tem noção espacial zero, derrubando tudo por onde passa; manter o equilíbrio é sempre um desafio. Gosta de dançar (e olha que essa é a única coisa que seu lado atrapalhado resolve dar um tempo e deixar ela fazer bem), ler e escrever, adora tudo relacionado ao feminismo (e não sabe muito bem escolher uma vertente só) e ama criar coisas novas – apesar de considerar que a criatividade não é seu forte. Ama vídeos de porquinhos fofos que fazem aquele barulhinho que ela nem sabe o nome, Taylor Swift, Beyoncé e comida. É fofa. Apesar de não querer assumir isso, sabe que é pelo tanto que ouviu essa descrição de si por aí. Mas aprende a gostar de ser fofa assim a cada dia mais. Seu grande objetivo é, dentre todas as mudanças que lhe virão, manter sua sensibilidade com os outros e consigo intacta.

10 de fevereiro de 2017
Você já se perguntou como são definidas as práticas permitidas e oferecidas dentro de um atendimento médico básico? Como se dá a separação entre o que...
10 de julho de 2016
Em algum momento da vida você já deve ter sentido medo ou insegurança pra poder expressar o que pensa ou quem você é de alguma forma. Falar em sala de...
27 de junho de 2016
O que é? Como Transmite? O HPV é um vírus (papilomavírus humano) que pode causar verrugas genitais e/ou também câncer. É extremamente comum. É...
10 de junho de 2016
Nos últimos dias o assunto “SUS” tomou foco desde que o Ministro interino da Saúde (Ricardo Barros) falou sobre fazer cortes na verba e na necessidade de...
15 de abril de 2016
No dia 17 de março, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) promoveu um encontro de blogueiras para falar sobre esse assunto que é tão pouco...
5 de fevereiro de 2016
Não sei explicar tão certinho qual o mecanismo fisiológico do prazer, então vou dizer de um jeito bem pouco especialista (na verdade nada especialista) do...
19 de dezembro de 2015
Não sei se vocês conseguem pensar qual foi o momento da infância que pararam pra dizer “eu estou sentindo isso”. Se não me falha a memória, comigo...
9 de outubro de 2015
Sempre me perguntei pra onde é voltado o nosso feminismo e a nossa luta. Estudar todos os conceitos parece mágico, cada passo de desconstrução interna...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.