Larissa Siriani
  • Colaboradora de Audiovisual

Larissa Siriani é uma paulistana que nunca fez a menor ideia do que queria fazer da vida - até começar a escrever. Formada em Cinema, é autora de Amor Plus Size e outros livros e comanda um vlog literário que leva seu nome. Vive em São Paulo com os pais, dois irmãos mais velhos e três cachorros, e sonha em viajar o mundo, conhecer seu príncipe encantado e encabeçar a lista de bestsellers (não necessariamente nessa ordem).

28 de fevereiro de 2018
Como duas boas “loucas das séries” temos muitas opiniões. Aquela série que a gente tem certeza que ia ficar melhor se os criadores escutassem nossos...
10 de janeiro de 2018
Se você é como eu, sempre prefiro a segurança e a estabilidade de um bom sofá do que me aventurar porta afora. Mas o mundo exterior contém mistérios a...
2 de outubro de 2017
Não importa se você nasceu nos anos 80, 90 ou 2000, uma coisa é certa: a música acompanhou a sua infância. Desde as canções dos programas infantis,...
21 de setembro de 2017
Quando li O Diário de Bridget Jones pela primeira vez, eu ri tanto que minha barriga doeu, meus olhos lacrimejaram e as pessoas em volta olharam torto para...
3 de julho de 2017
Você não consegue terminar nada do que começa. Sempre que tem uma ideia muito boa para fazer algo novo, desiste em menos de cinco minutos. Você é incapaz...
2 de junho de 2017
No princípio, era a ideia. E a ideia queria se tornar história, entretanto, por algum motivo, nunca se entendia com o papel e com a caneta. Logo, nunca...
2 de junho de 2017
Que músicas têm histórias, isso todo mundo já sabe. De uma forma ou de outra, toda canção tem algo para contar, mas algumas músicas vão além,...
13 de abril de 2017
Para algumas de nós, ler é uma obrigação, um dever que faz parte da rotina escolar. Esse é um dos motivos por que muitas de nós não desenvolvemos...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos