Simone Nascimento
  • Colaboradora de Estilo

Simone Nascimento, 22 anos, Negra, Mulher, Feminista e Umbandista! Ama suas raízes, dos fios da cabeça ao toque do atabaque. Leonina da Terra da Garoa (SP), apesar de amar o sol! Estudante de Jornalismo, formada em Figurino, Estilismo e Coordenação de Moda, — vê a comunicação como um direito e a Indumentária como arte. Militante anticapitalista, quer viver num mundo livre de opressões.

27 de dezembro de 2015
fonte da foto de Preta Rara: Do lado de cá 2015 acaba esta semana e convocamos as colaboradoras da Capitolina para eleger as melhores músicas do ano....
15 de novembro de 2015
“Cabelo crespo não combina com tintura.” “Vai acabar com seu cabelo!” Meninas, são tantas e tantas pretas que tenho visto nas ruas e nas redes...
5 de maio de 2015
Imagens por Helena Zelic, Natália Lobo, Laura Viana e Simone Nascimento Este texto é um relato sobre o 6º Encontro de Mulheres da UNE. A UNE, União...
26 de abril de 2015
O texto dessa semana começa com uma interrogação do tamanho da nossa indignação e preocupação: quem disse que peças de roupa só ficam bonitas em...
8 de março de 2015
No 8 de março, dia muito importante na história da política da luta das Mulheres, por seus direitos civis e de combate a opressão e exploração, a...
22 de fevereiro de 2015
Acho (repito, acho) que agora podemos dizer que o Carnaval se foi. Mas ele certamente não levou embora consigo a vontade de viver em um mundo mais cheio de...
6 de janeiro de 2015
Na luta para nos pertencer, sermos nós mesmas, uma vida por vezes com a incerteza do que somos. Vivendo em uma sociedade que nos rotula, como em uma linha de...
28 de dezembro de 2014
  É chegado o momento em que daremos adeus ao ano de 2014. Para muitos um ano supimpa, para tantos outros, com detalhes a desejar. Mas, o mais...
23 de novembro de 2014
Ilustração: Isadora M. Texto de Simone Nascimento Representatividade importa sim. Por vezes, nós, negras, folheamos as revistas e não nos...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos