Literatura
13 de agosto de 2016
  Fui incentivada pelas mulheres da minha família a ler. Delas, mamãe e vovó, adquiri o hábito de sempre carregar um livro na bolsa para preencher...
6 de agosto de 2016
Publicar no Brasil é um desejo de muitas pessoas. Toda vez que conto que trabalho no mercado editorial, muitos olhinhos brilham e me ajudam a colecionar...
25 de junho de 2016
  Esse ano, muita gente comemorou a quantidade maior de escritoras convidadas a participar da FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty –...
4 de junho de 2016
  - o texto contém spoilers! - Cidades de Papel, à primeira vista superficial, é a história do mito de Margo Roth Spiegelman. O livro escrito...
21 de maio de 2016
  É difícil falar de um livro tão simbólico, que evoca tantos sentimentos e experiências (pessoais ou de toda uma história de luta). Me...
30 de abril de 2016
 O que é um clássico? Muitas vezes o conceito de livro "clássico" no sentido de "essencial", que deve ser lido por todos, está ligado à literatura...
23 de abril de 2016
“Eu não sou um pássaro; e nenhuma rede me prende; eu sou um ser humano livre com uma vontade independente.” (Jane Eyre, Charlotte Brontë) Há 200 anos,...
9 de abril de 2016
  Há alguns meses contei para vocês como enxergo nos livros refúgios que nos acolhem a ser nós mesmas, a desenvolver a nossa própria plenitude ao...
26 de março de 2016
Comecei a me interessar por literatura japonesa moderna depois de ter lido Norwegian Wood, do escritor Haruki Murakami. Todos os livros de autores japoneses...
12 de março de 2016
Se há algo que fazemos bem é contar histórias. Estamos fazendo isso há séculos, oralmente, através de pinturas ou palavras, estamos sempre contando...
5 de março de 2016
“Mrs. Dalloway disse que ela mesma iria comprar as flores.” Virginia Woolf escreveu Mrs. Dalloway em 1925. Depois deste trecho, que inicia o romance,...
13 de fevereiro de 2016
A primeira vez que tive contato com Adélia Prado foi através da minha mãe, quando eu devia ter lá os meus 16, 17 anos. Eu vivia uma rotina muito corrida,...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.