Saúde
13 de novembro de 2015
Não é difícil ver e reconhecer que, historicamente, as populações mais pobres viveram (e vivem) sempre à margem de muitas coisas da vida em sociedade....
6 de novembro de 2015
Há pouco mais de dois anos o Governo Federal lançou um programa que deu o que falar no país, o Mais Médicos. O PMM, como também é chamado, foi uma...
30 de outubro de 2015
Chega um momento na vida em que quase todas meninas / mulheres se deparam com a questão de 10 milhões de dólares: tomar ou não tomar a pílula. Os...
23 de outubro de 2015
Eu não sou mãe e também não carrego esse desejo em mim. Mas, enquanto feminista, reconheço na maternidade uma questão de muita importância. Sabemos e...
16 de outubro de 2015
Quem se arrisca a ter atendimento universal em saúde? Migas, já falamos aqui sobre como o SUS é um sistema com características únicas no mundo, mas...
9 de outubro de 2015
Sempre me perguntei pra onde é voltado o nosso feminismo e a nossa luta. Estudar todos os conceitos parece mágico, cada passo de desconstrução interna...
2 de outubro de 2015
Se tem uma coisa que me deixa L-O-U-C-A é ligar a televisão e mergulhar em notícias sensacionalistas sobre o funcionamento do nosso sistema de saúde....
25 de setembro de 2015
Você já ouviu falar do SUS, o Sistema Único de Saúde? Se sim, você sabia que esse nosso sistema é referência mundial em saúde? E que ele foi...
18 de setembro de 2015
Depressão, ansiedade, síndrome do pânico, transtornos alimentares. Você já deve ter ouvido falar de tudo isso. Está nos jornais, nas revistas, nos...
11 de setembro de 2015
Alguns podem não saber, ou talvez não se importar, mas o fato é: é mais que inegável que questões raciais e de gênero afetam, e muito, a qualidade de...
4 de setembro de 2015
Nesse último ano a Capitolina cresceu e a gente decidiu abrir novas editorias. Agora, uma vez por semana, a gente vai falar de saúde com vocês. Mas o que...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos