Tech & Games
2 de dezembro de 2015
Ainda me lembro da primeira vez que estive em um evento de anime. Eu tinha 14 anos e só obtive permissão porque fui escoltada por basicamente a minha...
25 de novembro de 2015
Se você joga videogame com alguma frequência, provavelmente sabe que eles são capazes de provocar um monte de emoções. Das mais óbvias, como frustração...
11 de novembro de 2015
Mesmo na internet, nem tudo é para os olhos dos outros. Eu tenho um blog sobre o qual não falo para ninguém. Sempre digo, brincando, que tumblr é o oposto...
4 de novembro de 2015
Quando eu fotografo e compartilho o gato, o cachorro, o prato de comida, a flor e as pedras do caminho dou aos outros a chance de enxergar através do meus...
28 de outubro de 2015
A forma como percebemos o mundo ao nosso redor não é a mesma como 10 anos atrás, assim como antes disso também era diferente. O ponto em comum, no...
21 de outubro de 2015
O primeiro jogo de simulação com que tive contato foi Sim City. Eu simplesmente adorava ver a cidade ir crescendo e começando a se tornar funcional, mas...
14 de outubro de 2015
Eu não lembro de não ter computador em casa, pelo menos na minha memória ele sempre esteve aqui, offline. Perguntei à minha mãe quando foi que nós nos...
7 de outubro de 2015
Como (talvez) diria o seu avô: “Mas essa tal de internet veio mesmo para ficar, não é?” Hoje, difícil mesmo é encontrar alguém que discorde dessa...
30 de setembro de 2015
Por
O Tumblr é uma rede social muito usada hoje em dia. Ele conseguiu se estabelecer no meio termo entre o blog convencional e o Twitter. Dentre as diversas...
23 de setembro de 2015
Quando a gente senta para conversar sobre como os games têm dificuldade de sair do loop de violência-pontos-diversão, pelo menos uma pessoa na mesa os...
16 de setembro de 2015
Lovely Planet é muito simples: você anda, pula e atira estrelinhas em inimigos vermelhinhos com cara de malvados >_<. São 100 níveis curtíssimos em...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos