16 de maio de 2014 | Culinária & FVM | Texto: | Ilustração:
Comendo para sonhar melhor apresenta: Brownie Isolda

(Este mês estamos fazendo receitas ricas em triptofano, aminoácido que ajuda a regular o sono. Pra entender melhor, leia o post da semana passada)

***

Eu comecei a viajar sem meus pais aos três anos de idade (com a família das minhas amigas, claro). Acho que isso foi um indicador de que eu não pararia quieta depois de grande — eu terminei a escola e, logo em seguida, me mudei para a Irlanda. Esta viagem foi mentalmente programada para acontecer durante seis anos (e seis anos tentando convencer meus pais, sem sucesso), mas o engraçado é que eu não tinha um destino em mente.

Foi durante o ensino médio que uma professora de literatura, a Sílvia, me introduziu à cultura celta —povo nativo que habitava a Irlanda há milênios —, com aulas de literatura comparativa e um curso sobre eles. O primeiro livro sobre o tema que ela nos passou, Tristão e Isolda, me fez cair de amores pelos celtas e pela ilha da qual eu escrevo agora, a Irlanda.

Isolda, a loura, era uma rainha e curandeira irlandesa e, diferente dos símbolos de rainha ao qual estamos acostumadas, ela era dona do próprio nariz, e foi retratada como uma mulher muito sagaz. Assim como nós, ela nunca gostou de ser um objeto decorativo. 😉

Em agradecimento a esaas duas mulheres muito especiais, Sílvia e Isolda, que me ajudaram a dar forma ao meu sonho, dei forma à um delicioso brownie de chocolate, bem fácil de fazer e com poucos ingredientes: do jeitinho que o brownie perfeito deve ser. A receita foi me passada carinhosamente pela própria Sílvia, mas o autor da mesma é o Dalton Rangel.

Brownie Isolda (Receita Dalton Rangel – Homens Gourmet)

Ingredientes

– 250 gramas de chocolate amargo

– 4 ovos inteiros

– 1 xícara ou 150 gramas de açúcar

– 100 gramas de manteiga em temperatura ambiente

– 1 xícara ou 250 gramas de farinha de trigo

Nozes trituradas a gosto (você pode substituí-las pela castanha de sua preferência. Ele fica maravilhoso com castanhas do pará!)

Modo de fazer

1. Antes de qualquer coisa, ligue o forno e deixe ele esquentando a 180º C.

2. Pique e derreta o chocolate no micro-ondas. Tome cuidado, pois chocolate é um ingrediente muito delicado, então vá esquentando de 30 em 30 segundos, ou o chocolate pode queimar.

3. Com ele ainda quente, jogue o pedaço de manteiga no meio. Com o calor do chocolate, ela irá derretendo aos poucos. Não deixe nenhum pedaço inteiro sem derreter!

foto 1

Em uma batedeira ou com um garfo, bata bem os ovos com o açúcar até que eles dobrem de volume.

foto 2

Dentro do recipiente onde você bateu os ovos e o açúcar, jogue a mistura de chocolate (mesmo que ainda esteja um pouco quente) e misture bem, até que as misturas virem uma coisa só.

foto 3 foto 4

Acrescente a farinha aos pouquinhos e vá mexendo até conseguir uma massa homogênea.

8fq85

Acrescente as nozes e misture bem para que fiquem bem espalhadas.

foto 5

Forre uma fôrma retangular pequena com papel manteiga e despeje a massa.

Leve ao forno 180º C por cerca de 25 minutos e PRONTO! Já pode fazer novas amigas as conquistando pela barriga!

foto 6

Nicole Ranieri
  • Colaboradora de Culinária & FVM
  • Colaboradora de Cinema & TV
  • Vlogger

Nicole é Paulista de 22 anos, mas mora em todos os lugares e pertence a lugar nenhum. Estuda administração com foco em exportação mas é gente boa, não gosta de tomate mas é uma pessoa do bem, curte uma coisinha mal feita e não recusa jamais uma xicara de chá verde. Se fosse uma pizza, Nicole seria meia espinafre, meia cogumelo.

  • Babi

    não querendo ser a pessoa que faz piada sem graça, mas brownie da Nicole sempre é um sonho.

  • Silvia Loose

    Hummm, é 10.

  • Pingback: Geração Rivotril - Capitolina()

  • http://minhamarmitatem.com.br/ Rebecca Bittencourt

    Tenho TUDO menos as nozes, mas vou fazer mesmo assim pq a cara tá linda!

  • Pingback: Comida e afeto - Capitolina()

  • Rayra Santos de Souza

    Eu fiz!!! É ótimo! 😀
    Por um mundo com mais comida com nome de personagem de livro ?

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos