30 de outubro de 2014 | Artes | Texto: | Ilustração:
Criatividade: aquilo que te faz sair do comum
criatividade ilustra

Ilustração: Beatriz Leite

 Alguma vez você já parou pra pensar o quanto precisamos ser criativos? Praticamente em todas atividades diárias, como escolher uma roupa, arrumar o cabelo, preparar um lanche… Isso sem contar na escola ou na faculdade, onde ser criativo é determinante na criação de um projeto ou execução de um trabalho.

Ser criativo é algo bem chato. Sabe por quê? Porque não é fácil. Uma pessoa criativa precisa de um ambiente estimulante, e isso inclui o ambiente familiar, escolar, de amizades, de preferências. Porém, cada um encontra a sua maneira para despertar o “dragão criatividade” que mora dentro de si. Algumas pessoas encontram no silêncio e na calmaria a oportunidade perfeita para sua criatividade aflorar. Outras preferem o barulho, observar ao seu redor ou apenas fazer algo que goste. Criatividade é algo espontâneo, e não tem como forçarmos para que ela, pluft!, apareça.

Por isso muitas vezes enfrentamos o bloqueio criativo. É quando nada parece fácil, não surgem ideias e parece que os outros sempre conseguem fazer melhor.

Mas acredite, isso passa.

Ter bloqueios criativos é mais comum do que se pensa – ainda mais hoje em dia, em que tudo parece já ter sido criado e modificado. Muitas pessoas acabam desanimando de tudo porque acreditam que não têm criatividade para tal, outras até tentam mas encontram barreiras pelo caminho que dificultam sua ideia. Não é todo dia que se acorda cheio de vontade de criar algo, temos nossos dias bons e ruins, da mesma forma que cada pessoa é mais criativa em determinada coisa. Sabe aquela história de “você é boa nisso, fulana naquilo”? Funciona mais ou menos assim. Como já sabemos, ninguém é bom em tudo. Mas então como posso ser criativo?

Calma! Ninguém se torna criativo de uma noite para o dia, nem deixa de ser. Vale a pena analisar o ambiente em sua volta, e determinar o que te impede ou não de ser criativo. Existem vários vídeos pela internet que dão dicas de como permanecer criativo (eu indico esse aqui, que infelizmente está em inglês e não possui legendas, mas também tem esse, dublado), então sugiro procurar por aí.

Fazer anotações, rabiscos, ler livros, revistas, são ótimas formas de exercitar sua mente. Visitar sites de imagens, como tumblrs, galerias online de artistas, pinterests, blogs de textos de sua preferência, tudo isso também pode ajudar. Faça algo que você goste e, dica muito importante, não force. Está naqueles dias em não consegue fazer nada? Tente respirar fundo, relaxar e talvez deixar para outra hora. Ninguém consegue produzir se está estressado.

A criatividade nos ajuda a sair da rotina, enxergar novas maneiras e formas de ver o mundo e as pessoas. As pessoas não tem a obrigação de serem criativas o tempo todo, lembre-se disso! A criatividade é um exercício diário. Então dedique um momento do seu dia para ela! Pode ter certeza de que, quando você menos esperar, ela bate à sua porta.

Isadora M.
  • Coordenadora de Ilustração
  • Colaboradora de Artes
  • Colaboradora de Estilo
  • Ilustradora

Isadora Maríllia, 1992. Entre suas paixões estão: Cookie Monster, doces, histórias de espiãs (como Harriet The Spy e Veronica Mars), gatos e glitter. No entanto, detesta bombom de abacaxi e frutas cristalizadas.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos