8 de julho de 2016 | Culinária & FVM | Texto: | Ilustração: Isadora Marília
Dia da faxina feliz!

Acredite, a faxina pode ser divertida!

É provável que você torça o nariz quando seus pais pedem ajuda pra arrumar a casa, mas, pode acreditar, aqueles momentos que parecem muito difíceis (afinal, se você é como eu, quer mais é ficar na frente na TV ou lendo) valerão à pena. É assim que você começa a aprender a cuidar das suas coisas: arruma a própria cama, guarda suas roupas, separa o que precisa ser lavado. Depois, os cuidados vão evoluindo: você retira o prato da mesa, dá uma força com a louça suja depois do almoço. E quando é dia da família toda se organizar para deixar a casa limpa, assume uma tarefa: pode escolher entre lavar o banheiro, a cozinha ou limpar a sala.

Pode não parecer, mas você vai agradecer por entrar nesse rateio das atividades. Em algum momento, será a vez de aplicar isso na sua casa. Lá, você vai querer fazer as coisas do seu jeito, deixar tudo com a sua cara, e a limpeza do lugar está relacionada a isso. Entra naquela conta de você conquistar sua autonomia, saber que você é capaz de se virar sozinha. Se está pensando em fazer faculdade longe de casa, então, todas essas atividades vão ser importantes na hora de organizar o seu ap.

Tudo bem, nem sempre é fácil, nem todo dia que precisa você está animadíssima com a ideia de faxinar casa. Às vezes, bate aquele desânimo, mas não se renda. Se estiver difícil para começar, coloque aquela playlist que você ama, afinal, música faz muito bem (a minha teria muito pop, com Britney Spears, Christina Aguilera e Beyoncé) e mãos à obra.

E, se você já está pronta, mas não está sabendo começar, vem com a gente, que já passou por essa mesma situação! Para ajudar, tem uma tabela aqui embaixo que pode te ajudar a colocar a mão na massa, ou melhor, na vassoura.

quadro-faxina-2

Cozinha

Jogue o desengordurante no fogão, em cima da geladeira e no chão, em volta do fogão (depois de ter varrido ou passado aspirador de pó na cozinha). Enquanto isso, lave as peças do fogão. Quando terminar, deixe-as escorrendo e limpe o fogão com uma esponja, enxugue, coloque as peças no lugar e pronto!

EsponjaSabao

Próximo passo: limpe em cima da geladeira. É só passar pano onde você já jogou o desengordurante.
Última coisa: o chão. Misture um desinfetante (eu adoro aqueles com fragrância de lavanda, deixa a casa tão cheirosa!) no balde com água. A proporção pode ser meio balde de água para uma tampa de desinfetante. depois de mergulhar o pano de chão ali, torça-o e, com um rodo, passe no chão, embaixo da geladeira, do fogão. Agora, é só pensar numa receita deliciosa para usar tudo de novo!

Rodo

Banheiro
Antes de tudo, jogue o desengordurante no chão e nas paredes do box, onde você toma banho. Deixe ali de molho e pode ser feliz com o resto. Varra o chão, limpe o vaso com a ajuda de uma escova ou de uma vassoura de piaçava, e a pia. Agora é #partiuesfregarobox: use um sabão em pó (pode comprar um mais barato, que você vai usar só para a limpeza) e esfregue, com a vassoura de piaçava, o chão. Com uma esponja, esfregue as paredes. Depois, enxágue. Acabou aí, é só passar no chão, do lado de fora do box, o pano úmido com desinfetante.

Pano

Quartos e sala
Agora, vamos ao resto da casa. Varra o chão e aproveite para polir os móveis, tirando aquela poeira que fica acumulada por ali. Se tem vidro na janela, é bom limpá-los também, e com muito cuidado. Álcool e jornal vão te ajudar nesta tarefa. Em seguida, passe aquele pano úmido para deixar tudo mais limpo e cheiroso.

Balde

Roupas
As roupas podem ser lavadas enquanto você limpa os outros cômodos da casa. Assim, a última coisa que vai fazer é estender a roupa no varal. O primeiro passo aqui é separar as peças brancas das coloridas. Não misture jeans com outros tecidos para que ele não manche as outras roupas. Aliás, peças coloridas soltar tinta durante a lavagem. Para não ter problemas, faça um teste antes de colocá-la na máquina com roupas de cores diferentes: molhe na água e torça para ver se a água sairá ou não colorida. Se é a primeira vez que você está lavando uma peça colorida, considere deixá-la de molho numa bacia com água e sal (1/2 bacia de água – 2 colheres de chá de sal) porque isso ajuda a não desbotar. Já o álcool pode ser um aliado para as roupas encardidas: deixe-as de molho numa mistura de água e álcool (1 balde para 3 colheres de sopa) para que a peça volte a ficar branca. E não esqueça de recolher as peças assim que secarem!

Varal

Parece muita coisa, mas não é. Para deixar tudo mais divertido, que tal chamar umas amigas e dividir o trabalho? Se você divide o ap com algumas delas, combinem o dia que fica melhor para todo mundo e cada uma escolhe o que quer fazer. Assim, vocês acabam a limpeza ao mesmo tempo e como prêmio por todo o trabalho duro, podem combinar de fazer alguma coisa legal fora de casa, como ir ao cinema, comer pipoca e tomar sorvete. Que tal?

Se o trabalho for feito só por você, não tem problema! Para fechar o dia com tudo em cima, eu me presentearia com alguns episódios de “Gilmore girls” e faria algo bem gostoso para comer, tipo uma palha italiana de creme de avelã (sim, eu amo sobremesa!). Quem aí quer também? Aí vai a receita!

Palha italiana de creme de avelã

Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de manteiga (não precisa ser muito cheia)
2 colheres de sopa de creme de avelã (pode caprichar nessa)
½ pacote de biscoito de maisena triturado
Açúcar para confeitar

palha-1

Modo de preparo
Coloque numa panela a manteiga. Quando estiver derretida, acrescente o leite condensado e o creme de avelã. Misture tudo até desgrudar do fundo da panela (o ponto do brigadeiro tradicional). Em seguida, junto o biscoito e mexa. Despeje a massa numa forma untada com manteiga e deixe esfriar. Depois, corte os quadrados e passe no açúcar. Agora, com a casa limpa, é só aproveitar!

palha-6

Aline Bonatto
  • Colaboradora de FVM & Culinária

Oie! Eu nasci há alguns anos atrás (num dia de abril, em 1988), morei até os 19 anos em Colatina, um lugar quente no Norte do Espírito Santo, e vim para Niterói estudar Jornalismo. Saí da faculdade, mas não de Niterói e trabalho no Rio como repórter de TV. Gosto de escrever, ler, cozinhar, especialmente se eu não for comer sozinha, adoro ficar largada no sofá assistindo a séries/filmes/novelas acompanhada do namorado ou de amigos ou com todo mundo junto. Ah, e com um brigadeiro na colher!

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos