3 de fevereiro de 2016 | Culinária & FVM | Texto: | Ilustração:
Fantasia de BB8 pro carnaval e pra vida

Faltam poucos dias para o início oficial da folia (não sei você, mas sexta-feira eu já vou pro trabalho com um pouco de glitter) e a gente aqui do Faça Você Mesma estava devendo pra você uma fantasia, né? Até porque o tema do mês é criação, então tá tudo dominado.

Se você não gosta, não liga, na verdade odeia carnaval, tudo bem. Guarda pra sua próxima festa a fantasia ou pro Halloween. Mas, contudo, entretanto, porém, falando aqui enquanto pessoa que odiava carnaval e foi convertida, eu diria pra você usar essa fantasia linda como desculpa pra dar uma chance à folia. Escolha um bloquinho pequeno e alternativo, desses que ficam parados numa sobra bonita e pule um pouquinho perto da bateria…é contagiante. Ver todo mundo fantasiado na rua é contagiante – pra mim é como se estivéssemos em outro planeta por alguns dias.

Enfim, vamos ao droide bolinha mais fofo do mundo. Eu estou perdidamente apaixonada pelo BB8. Apaixonada no nível considerando juntar todas as economias que eu não tenho pra comprar a versão robozinho que está vendendo na gringa, só porque queria ver ele interagindo com a minha cadelinha Kate. Vendo o filme eu soltava barulinhos de amor toda vez que ele aparecia fazendo seus barulinhos. Enfim, BB8 é amor. Daí que uma amiga resolveu se fantasiar de Rey no carnaval, e eu falei brincando: “queria mesmo era ir de BB8, mas impossível né?”

Olha, nem tanto. Obviamente eu não queria ir abraçada numa bola de papelão pro carnaval carioca, mas a internet é maravilhosa e me proveu esta foto:

fashionable-bb8

E depois esta:

bb8-costume-cap-allfortheboys-allison-waken

Olha que simples! Um chapéu BB8!!! E aí é só você usar roupas brancas e laranjas. Muito fácil. E muito barato também, viu? Essa cabeça saiu por uns 20 reais, boné incluso. Comprei uma camiseta laranja por 7 dilmas e a saia eu tinha, vejam vocês. Bóra lá então.

Vamos precisar de:

  • Um boné branco;

  • Cola quente;

  • EVA nas cores preto, cinza, branco e laranja;

  • Um pedaço pequeno de arame para artesanato;

  • Tesoura, estilete e régua;

  • Roupas nas cores branco e laranja.

IMG_0413

1. A primeira coisa a ser feita é encher o boné com panos ou jornal pra ele ficar firme pra você trabalhar. Eu botei os primeiros panos que vi aqui na minha frente.

IMG_0414

2. Agora você vai abrir no PC uma imagem do BB8 e traçar de levinho, com um lápis, os botões e detalhes do nosso amado droide. Pode dar uma adaptada, né, senão complica.

IMG_0416

3. Agora é só desenhar e cortar os botões no EVA. Eu fui catando objetos redondos que tinha por perto pra fazer os círculos. Depois é só colar com a cola quente.

 

IMG_0417IMG_0418

4. Pra fazer as anteninhas eu usei arame. Dobrei um pedaço no meio e passei essa fita prateada em volta, mas na real nem precisava da fita. Daí você faz duas perninhas pra poder fixar ele no boné, assim:

IMG_0419IMG_0420

5. Daí é só enfiar as anteninhas nessa parte cinza de cima e jogar bastante cola quente ali.

IMG_0422

6. Tá pronto, olha que maravilhoso!

IMG_0180

7. Eu vou usar assim, não reparem a cara de sono. No dia quero fazer uma maquiagem levinha com um batomzão laranja e muito glitter.

IMG_0179

Então é isso! Bom carnaval pra quem é de carnaval e bom netflix pra quem é de netflix.

Luiza S. Vilela
  • Coordenadora de Culinária & FVM
  • Colaboradora de Estilo
  • Colaboradora de Esportes
  • Revisora

Luiza S. Vilela tem 28 anos e mora no Rio, mas antes disso nasceu em São Paulo, foi criada em Vitória e viveu uma história de amor com Leeds, na Inglaterra, e outra com Providence, no Estados Unidos. Fez graduação em Letras na PUC-Rio e mestrado em Literatura e Contemporaneidade na mesma instituição. É escritora, tradutora, produtora editorial e acredita no poder da literatura acima de todas as coisas.

  • http://equantoapepsi.blogspot.com.br Juliana

    BB8 é a coisinha mais linda do mundo

    • luizavilela

      sim <3

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos