22 de março de 2017 | Se Liga | Texto: | Ilustração: Gabriela Sakata
Gravity Falls: garotas poderosas no melhor desenho da atualidade

Dois irmãos gêmeos, Mabel e Dipper, vão passar o verão num fim de mundo qualquer, na casa do tio-avô em Gravity Falls. A princípio, parece que essas férias serão bem chatas e entediantes, visto que o tivô Stan é um golpista extremamente ganancioso que só quer tirar dinheiro dos turistas que passam lá. Até que Dipper encontra um diário super misterioso escondido no meio da floresta, e de repente TUDO começa a ficar muito interessante.

Gnomos, zumbis, monstros terríveis, muitas coisas bizarras e sobrenaturais acontecem por lá e não se sabe por quê. Na minha humilde opinião, esse é apenas o melhor desenho da atualidade, porque tem tudo que eu gosto: coisas bizarras e sobrenaturais + piadas geniais feitas pra crianças E adultos + teorias muito loucas de conspiração + personagens incríveis, e é sobre essas últimas que quero falar agora.

Gravity Falls é um desenho fascinante, cheio de coisas maravilhosas, incluindo várias personagens femininas poderosíssimas, e eu preciso falar um pouco sobre elas. Prometo me esforçar ao máximo pra não dar spoiler.

 

  1. Mabel Pines

    Mabel tem 12 anos e é a pessoa mais empolgada do desenho. Tudo para ela é motivo de festa e diversão, ela sempre vê o lado bom das coisas num otimismo inspirador e usa uns suéteres muito maneiros (que ela mesma tricota):


    (“Miau Uau!”)

    Ela está louca pra encontrar um amor de verão, e se apaixona por todo menino que aparece na sua frente. E, como ela é super otimista e auto-confiante, não tem medo nenhum de investir neles. Um exemplo a se seguir, eu diria.

  2. Grenda


    (“Uau! Você tem um animal no seu corpo! Eu sou a Mabel!)

    Uma das melhores amigas da Mabel é, também, uma das meninas mais duronas do desenho todo. Grenda tem uma voz muito grossa (ela é dublada por um homem, vale a pena conferir no YouTube), é a maior do trio Mabel + Grenda + Candy e muuuito forte. Muito. Forte do tipo que escolhe uma POLTRONA como arma na hora de combater alguma coisa estranha na floresta. É uma das minhas personagens preferidas de todos os desenhos que assisto, justamente por ela não seguir muitos padrões de feminilidade – desde a sua voz, a força descomunal e a forma do seu corpo, sua obsessão por garotos à sua cara de pau pra chegar neles.

    (“Não há policiais na floresta. Levamos isso para nossos túmulos.”)

  3. Candy


    (“Garotos me fazem pensar em beijar”)

    Muito. Fofinha. Dia desses eu percebi uma semelhança, fui procurar e confirmei: quem faz a voz da Candy é a Niki Yang, mesma dubladora do BMO e da Lady Íris, de Hora de Aventura. Se você vê esse desenho, preciso nem falar do quão gracinha a Candy é, né? Ela é super tímida e adorável, mas como ela é fechamento da Grenda e da Mabel, tem uns lapsos de menina durona que, na verdade, são bem fofinhos por causa da voz e do jeitinho engraçado.


    (“Nós somos criminosas! A gente vai te furar!”)

  4. Pacifica Northwest

    A Pacifica é, na minha opinião, um pouco injustiçada pelos fãs de Gravity Falls. A família dela é absurdamente rica. Por serem descendentes do fundador da cidade, são todos muito esnobes e ela é muito mimada. Tornou-se a “arqui-inimiga” da Mabel por sua arrogância e sempre querer tomar a atenção pra ela e comprar todos ao seu redor, mas eu acho que, na verdade, ela é só muito carente de afeto. Por ter sido criada num meio em que tudo se resolve com dinheiro, talvez tenha crescido acreditando que o mundo todo funciona assim. Mas, ao conhecer Mabel e Dipper, começa a perceber as coisas de outra forma. Muitos fãs do desenho limitam Pacifica a uma “pirralha mimada” (sério, já vi esse termo sendo usado), só que ela é muito mais do que isso. Acho que ela só precisa de alguém que seja paciente e mostre a ela o que é uma amizade de verdade, o que até acontece em certo momento da trama e ela acaba mostrando que pode ser uma menina muito legal. É uma pena que o desenho tenha acabado antes que pudéssemos ver melhor esse lado dela. Mas de qualquer jeito, achei importante colocá-la nessa lista. Deem uma chance à Pacifica Northwest <3

  5. Wendy

    Wendy tem 15 anos e trabalha na loja do tivô Stan. Foi criada por uma família de lenhadores que, eu diria, são os vikings de Gravity Falls. O pai dela é MUITO grande e muito forte, e todos os filhos foram criados pra serem iguais. Ela é muito engenhosa, inteligente e volta e meia aparece com um machado preso na cintura que acaba sempre sendo útil nas aventuras. E é super durona e empoderada. Inclusive, manda um dos melhores discursos de poder feminino do desenho todo! É meio que um spoiler mas se você quiser muito, pode conferir no episódio 15 da 2ª temporada. Ah, curiosidade: ela é dublada pela maravilhosa Linda Cardellini (lembra a Velma dos filmes do Scooby-Doo, e a Lindsay de Freaks & Geeks?)!!

 

Esse foi meu resumão sobre o poder das garotas em Gravity Falls, esse desenho maravilhoso que me encantou à beça. Se isso não foi suficiente pra te dar vontade de assistir, acho que o primeiro episódio será. E se você já viu o desenho e acha que pode acrescentar a esta lista, comente aí!

  • Colaboradora de Relacionamentos & Sexo

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos