14 de novembro de 2017 | Ano 4, Anos, Edição #39 | Texto: | Ilustração: Juliana Adlyn
Guia de auto-cuidado com a pele negra
aargila

A adolescência é aquela fase em que os hormônios ficam enlouquecidos, expelindo gordura poros afora. Espinhas, cravos, oleosidade elevada: como combater todos esses fatores indesejados e se manter bonita, num momento tão delicado para a autoestima das garotas? Este guia procura pensar a questão da beleza a partir de uma visão holística – ou seja, tratando do corpo como um todo, uma vez que o cuidado com a pele está associado a várias outras partes do nosso organismo. Sendo assim, este artigo não se propõe apenas um passo a passo nos estilo “como combater espinhas”, mas, antes de qualquer coisa, um manual de auto amor.

1 – CUIDE DA SUA ALIMENTAÇÃO

É sério! Parece papo de gente chata, mas aquela conversa de que nós somos o que comemos é verdadeira. Se os teus poros estão entupidos de gordura, é porque o corpo inteiro está “engordurado”: a pele apenas bota para fora o que o organismo não suporta mais.

O sistema excretor desempenha uma função fundamental, mantendo nosso corpinho livre de toxinas. O bom funcionamento do intestino vai ajudar o seu organismo a controlar as taxas de gorduras, poupando a sua pele. Além dos ganhos para a beleza, haverá também benefício no seu humor e bem estar, deixando você levinha!

Caso você não saiba cozinhar e siga a mesma dieta que a sua família, uma boa saída pode ser beber sucos detox. Eles são feitos de várias frutas e legumes, ajudam na digestão e desintoxicação do nosso organismo.

Uma opção simples para beber todos os dias é o suco de laranja, beterraba, cenoura, nabo japonês e semente de linhaça. Coloque tudo o sumo da laranja no liquidificador junto com os demais ingredientes e beba de manhã. Se quiser um sabor adocicado, pode adicionar ameixas sem caroço. É uma delícia!

2 – PEGUE SOL

Quem disse que a gente deve fugir do sol? O astro rei é importantíssimo para a manutenção da produção de vitamina D – hormônio responsável pela fixação do cálcio dos nossos ossos e dentes, além da sensação de bem estar.

Quanto mais escura a sua pele for, mais sol você precisa tomar, para incentivar a produção de vitamina D para o seu corpo. Caso você seja negra de tonalidade escura, é bom pegar entre 40 minutos até 1 hora, no horário entre 9h e 15h.

Ah, mas e o câncer de pele? É claro que precisamos nos proteger! Tomando o suco de beterraba todos os dias, você mantém as vitaminas da sua cútis em dia. A cenoura e a laranja são ricos em betacaroteno, contribuindo para um bronzeado uniforme, além de conservar a elasticidade da derme.

Além disso, considere sempre a possibilidade de utilizar chapéus e roupas, preservando-se de longos períodos de exposição por volta de meio dia. Utilize sua sensibilidade como guia e evite queimaduras.

3 – SEJA CARINHOSA COM A SUA PELE

Escolha um sabonete anti-acne e lave o rosto diariamente. Faz toda diferença ter um sabonetinho especial só para a pele da face. Utilize-o, no máximo duas vezes ao dia.

Uma vez por semana, faça uma máscara com argila:

Numa vasilha, dilua uma colher de argila para uma colher de água. Use um pincel para espalhar a argila sobre o seu rosto, formando uma camada fina por cima da pele. Se você tiver espinhas no pescoço e no peito, estenda a camada até essa área. Caso você tenha uma pele negra e com manchas, ao invés de água, pode usar chá de camomila. Ela vai ajudar a uniformizar a cor da epiderme. A argila verde ajuda a nutrir sua pele com sais minerais. Ela tem ação secativa, ajudando no controle da oleosidade, e retardando o envelhecimento celular.

E aí, anotou as dicas? É só seguir direitinho, que as receitas são puro sucesso! Aproveite sua pele bem cuidada para dar muito close sem maquiagem, se mantendo linda o dia inteirinho.

Ficou com dúvida, tem alguma sugestão ou quer me enviar fotos do seu processo de embelezamento? Escreve para mim: ayodele.gathoni@gmail.com

Ayodele Gathoni
  • Colaboradora de Artes

Ayodele Gathoni tem uns 20 e poucos anos e mora no Rio de Janeiro. Gosta de ver desenho animado, rodar bambolê e confeccionar licores artesanais.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos