1 de março de 2021 | Colunas | Texto: | Ilustração: Raphaela Corsi
Horóscopo de Março 2021

Finalmente, Março chegou! O mês começa ainda no embalo frenético da lua cheia do último sábado. Com certeza, o final de semana passado agitou corações e possibilitou algum tipo de sentimento de libertação, depois de um início de ano tão amarrado.

É que o Sol em Peixes tem nos trazido consciência acerca da nossa vida interior. Desde o dia 18, estamos vivendo um momento favorável para dar conta da intimidade, do espírito e da imaginação. É pela certeza da existência de algo além do que os nossos olhos podem testemunhar que nos entregamos a nossa intuição com sensibilidade. A lua cheia no signo de Virgem trouxe um contraponto de fertilidade e discernimento: porque nem tudo é um sinal do universo, né, mores?! Apesar de termos um lado espiritual inexplicável, a razão também tem muito com o que contribuir para o nosso equilíbrio. A inteireza está em saber se jogar no marzão de sentimentos na hora certa; conhecer os nossos limites e separar o joio do trigo quando for preciso. Não é assim tão simples, certo? Então, aproveitem essa oportunidade que o céu deu pra gente!

O mês passado foi muito marcado pela grande concentração de planetas em Aquário. Era como se nós estivéssemos questionando o sistema ao qual pertencemos, o nosso papel na sociedade, as utopias em que acreditamos e a liberdade que desejamos para amar e nos relacionar com as pessoas de que gostamos. Depois de uma revolução, daquelas que mexe com as nossas conexões, as tecnologias e o mundinho da internet, já estamos mais aptos a redefinir a vida de acordo com nossos novos padrões ou, melhor ainda, sem padrão algum, fazendo jus ao caráter único de cada indivíduo!

No amor ou na vida financeira, pode ser que você veio do mês passado se sentindo um pouco presa – ou, quem sabe, solta demais? O fato é que rolou algum tipo de crise nas parcerias em que a vontade de correr livre em direção aos seus ideais se esbarrou com a necessidade de um chamego do tipo apegado. E como fazer em relação a isso tudo?

Desde o último dia 25/02, Vênus está fazendo companhia ao Sol no signo de Peixes. Um momento de abertura ao amor universal, trazendo a possibilidade de perdoar incondicionalmente, deixando velhas mágoas para trás. O amor como uma tarefa espiritual pode nos dar a chance de nos libertarmos para gozar em paz. Depois de um fevereiro de muito questionamento daquilo que te dá prazer (Comida? Bens de consumo? Sexo gostoso? Carinhos?), quem sabe agora a tua intuição não te ajuda a chegar lá? Quando o desejo se encontra com a esfera imaginativa pisciana, os encontros parecem não ter limites. Nesse sentido, o dia 1º de março me parece um dos mais seguros para ousar estar junto. Aproveite!

Um outro assunto chave deste ano são os aprendizados. Depois de uma retrogradação de Mercúrio, no mês passado, estamos começando a botar os pingos nos is de nossas conversas e estratégias. Certamente, você mudou de ideia a respeito das suas utopias. Talvez não se sinta mais pertencente a determinados grupos/causas sociais ou simplesmente deseje reformular sua postura em relação às coletividades. A essa altura, você já deve saber qual é o tom que você quer dar a essa parte da sua vida.

No dia 03/03, Mercúrio – ainda na sombra – vai fazer aspectos difíceis com a Lua em Escorpião e conjunção com Júpiter. Nesse sentido, não haverá espaço para mentiras. Os pensamentos mais corriqueiros se alinharão às suas crenças provocando algum tipo de revelação de sentimentos – ou pensamentos – sombrios. Apesar do sacolejo nas ideias, vai ser nesse contexto que você conseguirá perdoar – principalmente a si mesmo – e seguir em frente sem velhas mágoas. Apesar de ainda estarmos na lua cheia, o dia pede introspecção.

Podemos ver esse movimento do dia 03/03 com um tipo de prelúdio para a Lua minguante em Sagitário que chega só no final da semana, dia 06/03. Essa Lua minguante vai retomar assuntos dos últimos eclipses de dezembro, quando nós nos confrontamos com divergências teóricas ou farpas da opinião. Há de ter sabedoria para perceber a hora de falar e a hora de ouvir. Nessa fase, que vai até o dia 13/03, muitas pesquisas podem ser revistas e religiões podem ser questionadas. Certamente, você estará se desapegando de algumas crenças que você via como grandes verdades, mas, a partir de agora, passarão a ser percebidas como não mais do que um ponto de vista. Esse processo pode ter um sabor de desilusão. Vamos abrir espaço pra dúvida mais uma vez?

O ciclo que começa no dia 13/03, com uma Lua nova em Peixes, tende a ser um dos mais favoráveis do ano. Ainda falando sobre comunicação e estudos nesse mês, Marte estará em Gêmeos, deixando as falas mais cheias de atitude. Esse Marte é de pensamento ágil, no sentido de afirmar a que veio e o que deseja. Ao longo do mês, ele vai fazendo aspectos positivos com Saturno em Aquário, dando uma força para a cooperação e o trabalho em equipe! No mais, teremos Sol, Lua, Vênus e Netuno em Peixes! Um mergulho daqueles que faz sonhar com outras estruturas de poder político ou carreira pessoal, alinhado ao propósito amoroso da vida.

No dia 14, a Lua em Áries ainda nos situa com muita iniciativa para se colocar. Ela faz aspectos positivos com Saturno, como uma prévia do final do mês, quando teremos essa fluência entre a sabedoria dos velhos e o ânimo das crianças: estabelecer novidades sem deixar para trás os aprendizados da experiência. Eis aqui um momento hiper-favorável para o lançamento de projetos pessoais e trabalhos em rede. Há uma grande possibilidade de estarmos nos curando nesse processo. Mas, fique atenta: já no dia 15, a Lua quadra Plutão e as coisas mudam de figura.

Em 21/03, teremos uma Lua crescente em Câncer toda especial, porque ela também marca o início do ano novo astrológico! Para as amigas mais místicas, aqui pode ser um momento legal para fazer rituais de boas vindas. É o início do Outono, com um Sol brilhante no signo de Áries, sedento por aventuras.

O nosso lado mais racional se mostrará com força total, sobretudo nas conversas, nos debates e nos estudos. Por outro lado, há ainda a chance de maternarmos afetos, com a potência dessa lua que faz crescer a sabedoria emotiva do passado ancestral. Continue alimentando aquilo que você plantou, a tendência é que tudo cresça com valentia.

No dia 28, a Lua cheia em Libra vai falar mais uma vez sobre parcerias. Vênus, Sol e Quíron estão juntinhos, fazendo oposição à Lua: você vai conhecer a mais profunda ferida da sua alma, quando o assunto é o amor erótico.

Às vezes, parece que estamos todos enredados em romances familiares inconscientes – basta observarmos os relacionamentos das nossas mães, depois das nossas avós e assim sucessivamente até perder de vista. Essa Lua vai expor toda a dor que há na dinâmica de relacionamentos da sua linhagem e, para nós, mulheres, será ainda mais especial. Mas, não se assuste, não faltarão recursos para lidar com toda essa carga! Certamente, as conversas te ajudarão a sarar cada machucado. Aqui, não faltam recursos para lidar com a dor. Trata-se de um lugar seguro para curar assuntos que têm se arrastado por gerações. Sinta-se honrada por poder reverenciar o seu passado amoroso.

Yaminaah Abayomi

Yaminaah Abayomi nasceu no Rio de Janeiro há uns 20 e tantos anos atrás. Ela tem bastante dificuldade de escrever minibios ou falar sobre si na 3ª pessoa. Risos. Apesar de todo o embaraço, ela gostaria que você soubesse que ela é astróloga e artista. É através de várias linguagens, ela investiga a natureza e o pertencimento do corpo humano a mesma. Acredita nos astros como ferramenta de expansão de consciência coletiva e abertura à alteridade.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos