12 de maio de 2014 | Ano 1, Edição #2, Ensaio fotográfico | Texto: | Ilustração:
Nada é real

“Facilmente aceitamos a realidade, provavelmente porque intuímos que nada é real”. – O Imortal, Jorge Luis Borges

Jorge Luis Borges é reconhecido como um dos mais importantes escritores do mundo. E é também um dos escritores mais complexos desse mesmo mundo. Ao longo de sua carreira como contista e poeta, criou obras cheias de labirintos construídos com palavras. Borges – podemos ter esse intimidade com o autor – nos transporta para sonhos ao mesmo tempo em que nos força a pensar racionalmente no que estamos lendo.

Esse ensaio fotográfico é pra gente sentir e pensar ao mesmo tempo. E para aproveitá-lo direitinho é só clicar nas imagens que elas ficam maior; para saber de onde tiramos a citação, basta passar o cursor do mouse em cima dos quadradinhos aqui embaixo.

Bárbara Carneiro
  • Colaboradora de Escola, Vestibular & Profissão
  • Ilustradora
  • Fotógrafa
  • Colaboradora de Esportes

Bárbara Carneiro mora em São Paulo, curte narrativas cíclicas, tem como gosto mais constante a cor amarela e cria um cacto no jardim.

  • Sonia Alcantara

    Olá nós somos do IFRJ Campus Nilo Peçanha e fazemos um projeto sobre a presença da mulher na nossa instituição de ensino e achamos interessantíssimo a sua página e proposta.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos