23 de dezembro de 2015 | Tech & Games | Texto: | Ilustração:
Natal Geek da Capitolina

Fonte: Pinterest

Nessa época de fim de ano pipocam por todos os lados ideias de listas de presentes. Muitas vezes essas listas seguem temas que foram muito presentes nos últimos tempos. Então, a primeira ideia aqui era roubar um pouco dessa mania em torno das coisas geek, mas tentando subverter um pouquinho: ao invés dos acessórios natalinos virarem temáticos, as nossas coisas geeks do dia a dia é que entram no clima do Natal. Então, essa lista serve tanto pra você se sentir passeando com o Papai Noel a qualquer momento do dia, quanto pra presentear os amigos fãs de tecnologia.

Começamos pelo básico: muita gente usa o celular não só para comunicação, como também como forma de expressão. E no Brasil a gente tem também a dificuldade de entrar na vibe do Natal, já que tudo remete a um frio que a gente realmente não tá sentindo na pele.

Então, que tal fazer uns ajustes no telefone e deixá-lo mais natalino? Dá pra fazer o mais básico, botando papel de parede, alertas e toques no clima do “Jingle Bells”, mas também dá pra exagerar mais um pouquinho e procurar uma capinha de Papai Noel, por exemplo. Ou de rena, ou a própria árvore de Natal. Pela internet, dá pra achar em sites de leilão ou aqueles que vendem coisas da China (que não são muito legais, além do que só chegariam pro próximo Natal…). Então, como é dia 23 e provavelmente você ainda tem algum presente pra comprar, os mercados populares são uma ótima opção pra catar essas coisas (tipo a Uruguaiana e o Saara, no Rio de Janeiro; ou a 25 de Março, em São Paulo).

Dá pra achar dos Minions, se você ainda tiver paciência pra eles (ou quiser implicar com aquela amiga que já bufa só de ouvir falar esse nome), ou só mesmo um Papai Noel simpático e sorridente e cenários natalinos incrivelmente clichês e bregas.

Fontes: capinhas diversas, minion, papai noel sorridente

Dá também pra completar com um plug antipoeira pra entrada do fone, ou ainda pegar todas pegar todas as luzes e coisas avulsas que caíram da árvore e colar numa coisa só. Sei lá.

Fontes: capinha, pingente1, pingente2

Além do celular, outra coisa que você pode investir se quiser mostrar seu carinho pelo Natal são pendrives temáticos. Comecei a procurar achando que ia encontrar um ou dois, mas existe toda uma variedade de pendrives natalinos. Papai Noel, bonecos de neve, árvore de Natal, meias de presente… tudo.

Fontes: árvore, minions de novo, papai noel, boneco de neve

Se o que você realmente curte, no entanto, é botar as coisas que você gosta dentro da decoração, hoje em dia é super fácil de achar pela internet tanto enfeites prontos quanto tutoriais pra colocar sua paixão por Pokémon, ou sua obsessão por Game of Thrones dentro da sua árvore de Natal e ter uma desculpa pra família pra ter várias naves espaciais espalhadas pela sala – afinal, elas estão de chapéu de papai noel, então são decoração de natal e ponto. Um presépio de Lego ainda é um presépio? Claro que é, oras.

Dá pra comprar pronto (com uma pesquisa rápida no Google se acha vários!) ou fazer você mesmo. Se não for uma pessoa muito boa nessas coisas dá pra só fazer as bolas das árvores virarem tartarugas ninjas, como na imagem lá de cima! Ou pintar como personagens do Mario, Hora da Aventura, Breaking Bad… fica a seu critério.

Agora, tem formas também de entrar no espírito de fim de ano se aproveitando das facilidades da tecnologia, mas de outro jeito. A gente vive o tempo todo ouvindo que a tecnologia nos afasta, que as relações estão mais rasas e todos só querem passar o dia olhando para uma tela. Todos os exageros dessas falas esquecem que quase sempre tem alguém do outro lado da tela olhando pra gente de volta. Uma forma muito legal de compartilhar experiências com pessoas novas é o bom e velho “pen pal”, alguém com quem você troca cartas – sim, cartas de verdade. Existem vários espaços online que ajudam a achar pessoas para compartilhar.

PostCrossing: esse talvez seja o que tem mais a ver com o fim do ano. A ideia é trocar cartões postais com pessoas do mundo todo, e no verso você pode escrever uma mensagem curta de boas festas ou puxar papo e contar sobre sua vida!

My Language Exchage e International Pen Friends são serviços de penpal que podem ajudar a aprimorar o conhecimento de uma segunda língua, e é uma ótima oportunidade de aprender a desejar boas festas pra qualquer pessoa do mundo, além de fazer um amigo.

Mais uma coisa que se aproveita dos benefícios da internet pra aproximar as pessoas são os amigos secretos online. Funciona com um monte de gente confiando umas nas outras e se inscrevendo, de qualquer lugar do mundo, para trocar presentes anonimamente. Você recebe por e-mail os dados da pessoa e uma data final pra enviar o presente (que é explicado na hora da inscrição se é uma carta, algo que represente seu país, uma doação pra uma caridade, qualquer coisa). É muito legal, e muda um pouco a rigidez dos amigos ocultos, que se restringem normalmente a pequenos grupos. Um exemplo desse tipo de ação é o redditgifs, que está no terceiro ano de projeto. Outro projeto desse tipo é o perfect strangers, que é uma troca de fim de ano no mesmo estilo amigo oculto. Ao se cadastrar, você fornece uma descrição própria, se endereço, e quando fecham as inscrições você recebe um email com o nome, a descrição e o endereço da pessoa para quem você tem que mandar algo! Pode ser uma carta, uma lembrancinha, algo que a pessoa mencionou na descrição dela. Não conheço nenhuma iniciativa dessas que seja brasileira, mas é algo a se pensar pro ano que vem. Conhecer pessoas novas e trocar experiências é super enriquecedor e divertido!

PS: A maioria dos sites citados são em inglês, mas usando um tradutor automático (do seu navegador mesmo) dá pra entender e se inscrever, e as cartas podem ser escritas em outras línguas que não o inglês.

Verônica Montezuma
  • Colaboradora de Tech & Games
  • Audiovisual

Verônica, 24 anos, estuda cinema no Rio de Janeiro. Gosta de fazer bolos, biscoitos e doces, e é um unicórnio nas horas vagas.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos