Posts na tag "especial"
8 de março de 2018
O tema desse mês é aceitação nas suas mais diversas formas e a nossa playlist está cheia de músicas para tornar esse processo muito mais prazeroso e...
14 de fevereiro de 2018
Ao perguntar a várias pessoas o que é ser um bom amigo, recebi respostas das mais variadas, porém todas elas tinham algumas coisas em comum. Basicamente, as...
14 de fevereiro de 2018
Existem poucas coisas melhores nesse mundo do que cantar a todo volume e dançar como se ninguém estivesse vendo ao lado das amigas. A playlist desse mês...
9 de fevereiro de 2018
Não escolhemos a nossa família, já os nossos amigos… existe muita verdade nesse velho ditado e os nossos amigos são a família que a gente escolhe, pras...
22 de dezembro de 2017
Festa! Nesse mês de dezembro, estamos em festa na Revista Capitolina. Dezembro é um mês de festa, mas também estamos comemorando nossa 40ª edição....
1 de junho de 2017
“Quando nós rejeitamos uma única história, quando percebemos que nunca há apenas uma história sobre nenhum lugar, nós reconquistamos um tipo de...
1 de abril de 2017
A música é uma forma de arte que tem a habilidade de traduzir nosso humor: tem música para quando estamos tristes, quando estamos felizes, quando estamos...
1 de abril de 2017
ABRIL É UM MÊS DE FESTA!!! A Capitolina está comemorando 3 anos no dia 8 de abril, e você está convidada a comemorar com a gente. :D Na edição deste...
1 de março de 2017
O tema que escolhemos para o especial de março é LUTA e não foi por acaso. Esse é um mês repleto de datas importantes, que nos lembram da existência de...
14 de outubro de 2015
Eu não lembro de não ter computador em casa, pelo menos na minha memória ele sempre esteve aqui, offline. Perguntei à minha mãe quando foi que nós nos...
6 de maio de 2015
É comum, muitas vezes, nos sentirmos sozinhas em relação a um sentimento ou a uma experiência. Achamos que mais ninguém se sente daquela forma e nos...
Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos