27 de dezembro de 2015 | Colunas, Estilo, Se Liga | Texto: | Ilustração:
Tutorial: glitter de ano novo

Tem gente que acredita que usar branco na virada do ano novo é garantia de ano bom. E também tem aqueles que juram de pé junto que a chave para o sucesso do ano vindouro é ter romã e lentilha dentro do estômago. Neste ano estou disposta a começar uma nova tradição. Uma tradição que arrastará multidões e certamente será prenúncio de anos brilhantes. E essa tradição é: glitter! A partícula mágica da vida, mais gloriosa que uma célula, mais essencial que um átomo!

No último carnaval elevei minha empatia por glitter a níveis jamais antes alcançados. Desde então tenho incrementado minha coleção de brilhos, e a vontade de repetir a dose do carnaval é muita. A Laura já fez um excelente guia de maquiagem carnavalesca por aqui, mas eu queria ensinar uma opção menos fantasiada, pra provar que glitter não é só pra bagunça de fevereiro.

Quer ficar maravilhosa? Quer ter um ano do bem, 100% gratiluz? Está pronta para a conversão a São Glitter? Então vem que eu vou te ensinar, primeiro a manusear este ingrediente especial pra você fazer o que quiser, depois mostrando os jeitos que eu mais gosto de usá-lo.

FAQ DO GLITTER

Pode ser o glitter da papelaria mesmo?
Não vou dizer que não pode porque eu mesma já fiz várias vezes e não deu ruim. Mas prefira sempre o glitter próprio pra maquiagem, porque além de sair mais facilmente também tem partículas mais seguras que não vão machucar tanto seu olho caso glitters fujões entrem lá. Sim, o da papelaria é mais barato, mas dá pra encontrar glitter de maquiagem em lojas de cosmético por algo em torno de dez reais (e vem uma quantidade considerável).

Me dá umas ideias, onde eu posso usar glitter?
Vixe, em tudo! Na sobrancelha, na pálpebra, na região das olheiras, como iluminador, salpicado na cara, nas unhas… Vai fundo.

Tem alguma ordem na maquiagem pra usar glitter?
O glitter é ou o primeiro ou o último item a ser usado no rosto. Se for o primeiro, como é melhor pros olhos, por exemplo, fica mais fácil de fazer menos bagunça na cara, porque dá pra limpar primeiro com fita adesiva e depois cobrem-se as eventuais caquinhas. Mas pra fazer iluminador, por exemplo, tem que ser a última coisa a ser feita. Cobrir o glitter com mais maquiagem só pode ter um resultado: meleca.

O que eu uso pra grudar o glitter?
Depende do que você quer fazer. Se for algo com brilhos mais espalhados, como o iluminador, molhar a pele ou passar algum balm (desses de boca mesmo) já é suficiente. Mas pra concentrar mais partículas, como se usa na pálpebra e na sobrancelha, precisa usar creme fixador de sombra ou cola. Que cola? Pode ser a de cílios postiços ou cola branca lavável e não tóxica. Neste segundo caso, certifique-se antes de que você não é alérgica a isso, e passe uma camada bem fina, que será mais que suficiente para o glitter aderir à pele.

E, mais importante de tudo, como tirar essa desgraça?

De fato, glitter é um amor contraditório, é uma benção e uma maldição. Dá pra tirar a maioria das partículas com fita adesiva ou, se você usar cola, descascando mesmo (sai tudo de uma vez!). Só que dependendo da quantidade que você usar, prepare-se psicologicamente pra achar brilhinhos por aí por um tempo. Mas, olha, pensa bem: se é pra ter alguma sujeira, que seja de glitter, né? Melhor e mais bonita sujeira do mundo!

PÁLPEBRA

1 – Passe um pouquinho de cola na pálpebra com o dedo — bem pouquinho, se não sua pálpebra fica pesada demais.
Foto criada em 27-12-15 às 17.10

2 – Mergulhe um pincel fofinho no glitter, bata para tirar o excesso e aplique nos olhos, que deverão ficar fechados durante toda aplicação. Se achar que não consegue fazer com apenas um olho na ativa, peça ajuda pra uma amiga habilidosa. Quando for abrir os olhos, incline um pouco o corpo pra frente e pisque pra que o excesso do glitter caia. Seja cuidadosa!
Foto criada em 27-12-15 às 17.14

3 – Tire as partículas indesejadas com fita adesiva. Pode demorar nessa etapa, pra ficar bem caprichado.
Foto criada em 27-12-15 às 17.16

4 – Depois de repetir tudo no outro olho, aplique máscara de cílios ou cole cílios postiços.
Foto criada em 27-12-15 às 17.39

5 – Complemente como quiser (eu passei BB cream, blush e batom) ou pare por aqui mesmo que já fica ótimo!
Foto criada em 27-12-15 às 18.00

ILUMINADOR
Eu uso iluminador fazendo três pontinhos e depois espalhando com o dedo. Faça a mesma coisa com o glitter: umedeça as têmporas com água, mergulhe o dedo no glitter e dê batidas leves até ficar como você quer.
Foto criada em 27-12-15 às 18.06

STRASS PRA COLAR
Se você não quer bagunça (ou se quer ainda mais brilho), uma sugestão é o strass pra colar. Eu comprei um que vem em tirinhas em uma cartela bem grande que dá pra dividir com as amigas.
Foto criada em 27-12-15 às 18.11


Quanto mais purpurina, melhor!

Julia Oliveira
  • Coordenadora de Estilo
  • Ilustradora

Julia Oliveira, atende por Juia, tem 22 anos e se mete em muitas coisas, mas não faz nada direito — o que tudo bem, porque ela só faz por prazer mesmo. Foi uma criança muito bem-sucedida e espera o mesmo para sua vida adulta: lançou o hit “Quem sabe” e o conto “A ursa bailarina”, grande sucesso entre familiares. Seu lema é “quanto pior, melhor”, frase que até consideraria tatuar se não tivesse dermatite atópica. Brincadeira, ela nunca faria essa tatuagem. Instagram: @ursabailarina

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos