26 de junho de 2015 | Culinária & FVM | Texto: | Ilustração:
Vestido Junino de emergência

Para encerrar o mês de Junho, a Nicole irá fazer um tutorial express de roupa junina emergencial!

Eu sei, eu sei, junho tá bem no finzinho e, tecnicamente, com ele, acabam as festas juninas. Mas como todo mundo já sabe, na prática a coisa é diferente: já fui até em festa junina em setembro (!) Então, pra facilitar a sua vida e sair daquele combo camisa xadrez-pintinha no rosto-trancinha no cabelo, eu preparei um vestido bem do garboso pra vocês fazerem quando tiverem uma festa de último hora e ainda quiserem ir montadas à caráter. E o melhor, quando acabar a festa, dá pra tirar a decoração junina e usar sua roupa normalmente de novo.

Você vai precisar de:

– Pelo menos 4 cores de feltro diferentes, que combinem entre si (ou algum outro tecido colorido e mais grossinho)
– 1 rolo de barbante fino
– Cola
– Tesoura
– Linha e agulha (ou alguns alfinetes de fralda, se não estiver se sentindo segura para costurar)
– Um vestido, saia ou alguma outra peça de roupa que queira customizar
– Uma régua ou fita métrica
– Uma caneta

1 - materiais

Como fazer:

Comece marcando o feltro no formato de um retângulo, do tamanho que quiser, para fazer as bandeiras. O  meu mede 3×4. Esta primeira bandeirinha vai ser o molde, para que depois só precisemos seguir este modelo.

2 - medindo e marcando

Recorte nas linhas que marcou.

3 - recortando

Para fazer as “perninhas” da bandeirinha, dobre o retângulo ao meio e faça um picote na transversal, da metade para as pontas.

5 - detalhe

Recorte algumas bandeirinhas – eu usei só 12, mas recortei umas 30 – de acordo com a quantidade que você achar mais bonito e a largura da sua peça de roupa.

6 - bandeirinhas cortadas

Pegue agora a peça de roupa, o barbante e as bandeiras e, sem colar ou costurar nada, imagine como seria o padrão de bandeirinhas  e o tamanho do barbante que será usado. No meu vestido deu quatro “sessões”, ou varais, com bandeiras penduradas.

7 - medindo no vestido

Agora que você decidiu como será a peça final, pode colar as bandeirinhas no barbante! Eu usei uma folha sulfite atrás pra não colar a mesa junto.

8 - colando 9 - colando várias

Com todas as bandeiras coladas ao barbante, chegou a hora de pregá-lo ao vestido. Eu optei por costurar o fio ao vestido, dando apenas uns pontinhos com a agulha e a linha (passando o fio entre o barbante e o vestido, dando a volta com a linha e saindo para cima), e uma amiga me ajudou a costurar a parte de trás. Se você estiver com preguiça ou não souber costurar, você pode tanto aprender com este tutorial da Maísa, como prender o fio com um alfinete de fralda. Quando acabar a festa, é só retirar os alfinetes ou cortar as linhas para ter o seu vestido de volta!

Dica: faça isso com a roupa já no corpo, pra saber certinho aonde pregar o fio. Só cuidado pra não furar o umbigo 😉

10 - costurando

Verifique se os pontos estão seguros e, se tudo estiver bem, é só correr pro abraço Festa Junina/Julina/Augustina/Setembrina!

11 - final

Nicole Ranieri
  • Colaboradora de Culinária & FVM
  • Colaboradora de Cinema & TV
  • Vlogger

Nicole é Paulista de 22 anos, mas mora em todos os lugares e pertence a lugar nenhum. Estuda administração com foco em exportação mas é gente boa, não gosta de tomate mas é uma pessoa do bem, curte uma coisinha mal feita e não recusa jamais uma xicara de chá verde. Se fosse uma pizza, Nicole seria meia espinafre, meia cogumelo.

Sobre

A Capitolina é uma revista online independente para garotas adolescentes. Nossa intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos moldes tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são.

Arquivos